08/08/20
27º/14ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Marjorie Ostrowski
Marjorie Ostrowski
07/08/2020 - 10:53
Imprimir Comunicar erro mais opções
imagem da rede social do Ton Kohler
imagem da rede social do Ton Kohler


Olá pessoal,

Estamos nos aproximando de mais um Dia dos Pais, uma data importante em nosso calendário, assim como o Dia das Mães, Natal e tantas outras. Mas ser pai é algo que deve ser vivido com sentimentos todos os dias. Então, para homenagear todos os pais, sejam os de coração ou que são como figuras paternas para alguém, eu conheci a história de vida de um exemplo de pai que, de repente, se viu viúvo com dois filhos pequenos.

Ele teve que reaprender o verdadeiro motivo de viver com seus filhos e sua família. Estou falando de Ton Kohler, isso mesmo, tive o prazer de conversar com ele e ouvir sua história. Hoje ele tem um canal no YouTube chamado "Papai em dobro", é palestrante e considerado um dos maiores influenciadores digitais no assunto junto com o Marcos Piangers, outro que admiro muito. Confiram como foi nosso bate papo sobre como foi contar para seus filhos, as emoções que viveram e como fizeram para superar tudo isso juntos.

"Bom, eu diria que inicialmente a maior dificuldade para as crianças foi receber a notícia e lidar com a morte da mamãe e os primeiros três meses foram muito difíceis, posteriormente, eu consegui juntar forças buscando dentro de minha própria casa, junto com minha família (meus filhos), toda a vontade de dar um novo significado na nossa história, construindo uma história bonita e feliz com eles.

A superação nesse momento foi baseada no amor pelas crianças, no crescimento saudável, na criação de um ambiente alegre, feliz, contente, muito propício para educação dos meus filhos e principalmente o crescimento emocional deles mesmo com a dificuldade de ter perdido a mamãe.

Para tentar esquecer a dor da perda, nós tentávamos diversas brincadeiras e eu sempre perguntando como elas estavam sentindo. Expliquei a eles o que eram alguns sentimentos através daquelas carinhas de felicidade, alegria, tristeza e raiva, para que eles pudessem expressar o que sentiam, com isso eu tentava suprir essas dores que eles estavam sentindo.

imagem da rede social do Ton Kohler
imagem da rede social do Ton Kohler


Meu filho Pedro que na época tinha apenas três anos foi o que mais sentiu a perda, mas por ele ser uma criança muito feliz e alegre em alguns meses depois estava tudo ok e dando risada tranquilamente, meio que já tinha superado e fala muito abertamente sobre a morte da mamãe, isso me deixa muito tranquilo, porque acredito que todo meu esforço valeu a pena.

Eu tentei ressignificar essa dor da perda da minha esposa que sim existe em mim e destinei o máximo do meu esforço na educação deles, na atenção, no entendimento sobre o que eles estavam precisando, na vontade de se preparar um prato, de dar um banho, de preparar o uniforme e ajudar na escola, e tudo isso para mim virou inspiração.

O que sempre me facilitou na vida foi "querer fazer tão bem quanto a mamãe faria” e transformar esse momento que poderia ser tão difícil em alegria, leve e descontraído. Desde então eu faço isso com eles e sou muito grato porque tenho conseguido transformar tudo isso em um projeto sobre paternidade, sobre masculinidade, significados, sobre amor, mas a principal transformação é na minha família que mesmo na dor encontrou no amor uma maneira de ser uma família feliz."


Espero que vocês tenham gostado e se emocionado assim como eu. Se quiserem conhecer mais sobre ele, acesse o canal no YouTube clicando aqui. Instagram ou Facebook

Marjorie Ostrowski - Meu Instagram
Beijos e até a próxima postagem
05/08/2020 - 10:14
Imprimir Comunicar erro mais opções
arquivo pessoal
arquivo pessoal


Como estamos em meio a essa loucura em nossas vidas devido à Covid 19, acredito que muitos pais e familiares que tem crianças em casa, ficam preocupados quanto a qualidade das alimentação que está sendo servida.

Pensando nisto, conversei com a nutricionista Materno Infantil Kellen Pierone, que é daqui de Londrina e elaborou excelentes dicas que vou compartilhar com vocês.

A pandemia alterou a rotina das famílias e também afetou a alimentação das crianças. Muitas passaram a comer fora de horário ou sentir uma fome extra. Já que eles estão a maior parte do tempo em casa e na frente de eletrônicos como a TV, iPad e celulares. Por isso, elaborei algumas dicas para ajudar na organização da rotina alimentar.

Planeje as refeições durante a semana e os horários, assim a criança saberá como vai ser sua rotina; Não esquecendo de ofertar café da manhã, lanche, almoço e lanche da tarde e jantar. Com as refeições organizadas diminui as chances da fome fora de horário. Mas atenção, não tenha uma rigidez excessiva;

> Caso a criança precise, pode aumentar um lanche na parte tarde, no entanto, dê opções saudáveis;
> Quando o assunto é alimentação, os pais devem ser exemplo, consumindo os mesmos alimentos que o filho. Por isso, seja saudável;
> Cozinhe e envolva a criança na elaboração de receitas. A interação é importante para que ele desenvolva o interesse em comer certos alimentos;
> Substitua refrigerante e sucos industrializados por frutas ou sucos feitos em casa;
> Aproveite e convide todos da família a sentar à mesa, desliguem os dispositivos eletrônicos e aproveitem o momento;
> Evite o consumo de alimentos industrializados como biscoitos, salgadinhos, sorvetes e carnes processadas (salsicha, hambúrguer etc).
> Mantenha sempre as frutas higienizadas e ao alcance das crianças;
> Oferte água com frequência;
> Para o lanche, de preferência aos pães, bolos e biscoitos caseiros. Substituindo a farinha branca por integral. Isso ajuda na saciedade;
> Caso seu filho não goste de um alimento, oferte o mesmo em diferentes formas ou junto com outro alimento que ele goste;
> Muitas receitas podem ser congeladas. Isso ajuda na hora da pressa e é muito prático;
> Tenha em casa o que você quer que seu filho coma e dê alternativas saudáveis;

Essas foram apenas algumas dicas da nutricionista Materno Infantil Kellen Pierone, ela ainda reforça que o importante para que a criança coma de forma saudável é que você seja o exemplo para ela.


Marjorie Ostrowski
Meu Instagram
Beijos e até a próxima postagem
01/08/2020 - 18:20
Imprimir Comunicar erro mais opções
Papel Caramelo
Papel Caramelo


Agosto Dourado chegou!
Hoje começamos a campanha do incentivo ao Aleitamento Materno.

Nós mulheres, geramos nossos filhos por 9 meses, logo que eles nascem são colocados em contato conosco, e ali começamos uma história fora da barriga. Muitas vezes eles já pegam nosso peito e começam a mamar. Outras vezes precisamos de ajuda, principalmente quando vão para a UTI e UCI, outras simplesmente não conseguem amamentar, por vários motivos e muitas precisam de leites que são doados.

Nem sempre é tão simples, doí , empedra, eu mesma sofri com mastite... mas acredite o prazer de amamentar é mágico, é um momento seu e de seu bebê, o toque daquelas mãozinhas tão pequeninas e cheias de amor, a troca de olhares, o nutrir daquele pequeno que logo crescera. Sabe aquela história que a mãezinha que faz cesárea, ou que tem algum procedimento estético e isso faz demorar mais para o leite descer? Para mim veio por água a baixo, tenho 3 filhos e os todos mamaram.

Uma mamou por pouco tempo, outro era amamentado e incluímos complemento e o outro mama igual bezerro, desmamar? Sempre foram eles que definiram e assim continuamos.Muitas e muitas vezes as dificuldades da amamentação ocorrem por conta de um fator piscologico, a falta de apoio emocional, a queda brusca de hormônios no pós parto... Você que é familiar de alguma futura mamãe, ou é puérpera, incentive sempre a mãezinha a amamentar. Se pode doar leite, continue doando, você estará alimentando uma vida.

Marjorie Ostrowski Meu instagram
Beijos para todas e até a próxima postagem.
31/07/2020 - 17:10
Imprimir Comunicar erro mais opções
arquivo pessoal
arquivo pessoal


Uhulll, fim de semana chegou, então já podemos sair da dieta e partir para gordice (hahahaha). Pessoal, assisti a um vídeo essa semana e não resisti, anotei os ingredientes dessa deliciosa receita, testei e adorei. Para não deixar vocês com água na boca, vou compartilhar como se faz, é tão fácil de fazer que dá para aproveitar este período de pandemia e por as crianças na cozinha, pois são apenas 3 ingredientes, isso mesmo: apenas 3 ingredientes, veja só.

Você vai precisar de:
300g de Nutella (creme de avelã)
3 xícaras de chá de leite Ninho (ou outro leite em pó de sua preferência)
1 caixinha de leite condensado

Mãos a massa
Forre uma tábua com papel manteiga e com o auxílio de duas colheres faça bolinhas de Nutella e leve ao congelador por uns 25 min (dependendo da região onde você mora precisará ficar um pouquinho mais ou menos), ele precisa apenas ficar firme para modelar sem desmanchar.

Agora pegue uma vasilha coloque o leite em pó e vá adicionando aos poucos o leite condensado, com uma espátula vá mexendo até formar uma farofinha. Use agora suas mãos e vá amassando até dar ponto. O ponto é quando a massa ficar com a textura de uma massinha de modelar e não grudar nas mãos, ótimo.

Você já pode abrir a massa de leite Ninho com as mão e rechear com as bolinhas de Nutella que estavam no congelador. Decore como preferir e estará pronto.



Para melhorar a experiência, separei alguns bolinhos prontos e devolvi no congelador por mais uma hora, acreditem, ficou incrível os docinhos mais durinhos.

Marjorie Ostrowski Meu instagram
Bjs e até a próxima postagem.
27/07/2020 - 07:20
Imprimir Comunicar erro mais opções
Vamos começar a colorir nossa semana com um delicioso pão de Beterraba. Até porque é muito bom sentir o cheirinho de pão assando, melhor ainda quando ele pode ser rico em vitamina A, D, C, Ferro, Cálcio, Magnésio, com aquele cafezinho então, hummm. Tenho certeza que você vai se surpreender com a textura, com o sabor e a cor 🤩. Aprenda a fazer esse delicioso pãozinho de beterraba zero lactose.

arquivo pessoal
arquivo pessoal


Você vai precisar:
1 pacotinho de fermento biológico 10g (fica sempre pertinho do outro fermento para bolo)
2 colheres de sopa de açúcar demerara ( como a beterraba é doce pode diminuir a quantidade)
1/2 xícara de creme de leite zero lactose morno
4 colheres de sopa de margarina zero lactose amolecida
2 colheres de chá de sal
2 ovos
4 xícaras de farinha de trigo
1 xícara bem generosa de purê de beterraba ( 2 beterraba que caibam na palma da sua mão)
Dicas: Pegue as duas beterrabas, higienize, seque e enrole em papel alumínio, leve ao forno 180 a 200 graus por 1 hora e meia ou até ficarem macias.

Mãos a massa:
Adicione o fermento, a metade do açúcar e o creme de leite zero lactose morno, misture tudo e deixe ele quetinho por uns 5 minutinhos.
Enquanto isso, pegue uma tigela grande misture a manteiga amolecida, os ovos, o purê de beterraba, o sal e o trigo vá adicionando aos poucos, ah e não esqueça de adicionar o fermento já alimentado. Sove bem a massa até ficar bem lisa.
Faça uma grande bola e coloque para crescer, por 1 hora, deixe em um lugar quentinho dentro de um forno desligado por exemplo.
Dica: Cubra com um plástico filme e coloque um guardanapo de cozinha por cima, a massa deve dobrar o tamanho.
Agora, retire o plástico e separe a massa, aqui faço pequenas bolinhas, ou corte do modelo que desejar e coloque na forma que irá assar já untada.
Deixe crescer por mais uns 40 a 60 min e leve ao forno pré-aquecido a 170 graus por 30 min ou até dourarem.

Aiiiii quem aguenta esperar esfriar aquele pãozinho quentinho saindo do forno???? Hummmmm façam e me contem.



Bjs e até a próxima.
Marjorie Ostrowski
Meu Instagram
Marjorie Ostrowski
 
Curitibana e apaixonada pelo que faz, estudou nutrição na PUC, esposa e mãe de três lindos filhos. Morando interior do Paraná a mais de 13 anos e constantemente aprendendo e testando novas receitas. Vou compartilhar com vocês algumas experiências de vida e receitas deliciosas, saudáveis e que também são indicadas para alérgicos e intolerantes. Tenho certeza que você também consegue fazer, borá lá.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados