Pesquisar

Canais

Serviços

A partir do dia 31 de março os brasileiros pagarão mais caro para adquirir medicamentos - Elza Fiúza/ABr
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
A partir de 31 de março

Alta em preços de medicamentos pode chegar a 6%

Folha de Londrina
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

De acordo com o publicado na edição da última quarta-feira (25) do Diário Oficial da União, a partir do dia 31 de março os brasileiros pagarão mais caro para adquirir medicamentos. O aumento foi autorizado por meio de uma resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) e deve ter como base de reajuste o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulado no período de março de 2008 até fevereiro de 2009.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Se o reajuste fosse hoje, a alta seria de aproximadamente 5,84%, percentual acumulado pelo índice entre fevereiro do ano passado e janeiro deste ano, de acordo com última divulgação do IPCA, ocorrida em 6 de fevereiro.

Continua depois da publicidade

Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do IBGE indicam que o brasileiro gasta, em média, R$ 95,14 por mês com saúde, sendo que os remédios correspondem a 40,57% dos gastos, atingindo o percentual de 68,5% entre os mais pobres, o que é igual a R$ 19,19, e 26% entre os mais ricos, ou cerca de R$ 97,78.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade