Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Inconstitucionalidade

Aposentadorias de ex-governadores: OAB vai mover ações

Agência Brasil
24 jan 2011 às 19:55
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcanti, disse hoje (24) que já tem três Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adin) prontas para serem movidas, até a próxima semana, contra os estados de Sergipe, do Paraná e Amazonas.

Segundo Cavalcanti, a OAB deverá entrar com as três ações ao mesmo tempo. "Ingressaremos com ações diretas de inconstitucionalidade em relação a cada uma das leis estaduais que estabeleceram este privilégio, que é realmente uma agressão à sociedade civil brasileira".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Além das aposentadorias para ex-governadores, Cavalcanti criticou os privilégios concedidos pelo Itamaraty no caso dos passaportes diplomáticos. Ele disse que deveria haver mais transparência sobre esse tipo de ato do poder público. "Não é possível mais termos esse tipo de prática colonialista. É preciso passar uma borracha no passado e cancelar esses passaportes".

Leia mais:

Imagem de destaque
Após postagens de Elon Musk

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão, afirma Alexandre de Moraes

Imagem de destaque
Entenda

Justiça nega pedido de exumação e traslado do corpo de Gal Costa; advogadas do filho vão recorrer

Imagem de destaque
1.256 mortes pela doença

Brasil tem mais de 3 milhões de casos de dengue desde janeiro de 2024

Imagem de destaque
Entenda o caso!

Funcionária processa empresa por demissão, mas acaba pagando R$ 100 mil

Cavalcanti comentou ainda a demora na indicação do ministro do Supremo Tribunal Federal. Segundo ele, ainda na gestão de Luiz Inácio Lula da Silva a OAB encaminhou um ofício pedindo celeridade na indicação e não obteve resposta.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade