24/02/21
PUBLICIDADE
Benefícios permanecem

INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Marcello Casal Jr/Agência <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não fizeram a prova de vida entre março de 2020 e fevereiro de 2021 não terão seus benefícios bloqueados.


A Portaria nº 1.266/2021, publicada nesta quarta-feira (20) no Diário Oficial da União, prorroga a interrupção do bloqueio de benefícios para as competências de janeiro e fevereiro, ou seja, para pagamentos até o fim de março de 2021.

A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior. De acordo com a portaria, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

Realizada todos os anos, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. Para isso, o segurado ou algum representante legal ou voluntário deve comparecer à instituição bancária onde saca o benefício. O procedimento, entretanto, deixou de ser exigido em março de 2020, entre as ações para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, e a medida vem sendo prorrogada desde então.

Desde agosto do ano passado, o a prova de vida também pode ser feita por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Militares inativos

Também foi publicada no Diário Oficial da União portaria do Ministério da Defesa que também suspende, até 30 de junho, a atualização cadastral para prova de vida de militares inativos, pensionistas de militares, militares anistiados políticos e dependentes habilitados. De acordo com o texto, nesse caso, o bloqueio de pagamentos por falta de realização da comprovação de vida voltarão a acontecer a partir de 1º de julho de 2021.

A medida também foi adotada em março de 2020 em razão da pandemia de covid-19 e vem sendo prorrogada.
Andreia Verdélio/Agência Brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Tesouro Nacional

Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões

24 FEV 2021 às 15h43
Sanepar informa

Bairros de Londrina e Cambé terão abastecimento de água interrompido no próximo domingo (28)

24 FEV 2021 às 14h20
Oportunidades

Cooperativa de Cambé abre 40 vagas para auxiliar de produção

24 FEV 2021 às 14h05
Salmão lidera ranking

Maringá: Procon identifica diferença de até 158% em preço de pescados

24 FEV 2021 às 12h15
Aposte até as 19h

Acumulada, Mega-Sena sorteia R$ 42 milhões nesta quarta-feira

24 FEV 2021 às 11h56
Após serviço inacabado

Nenhuma empresa quer concluir a construção da UBS Vila Fraternidade

24 FEV 2021 às 11h40
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados