Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Mandados no Paraná

PF faz 27 novas prisões na Operação Lava Jato

Redação Bonde
14 nov 2014 às 08:04
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (14) a sétima fase da Operação Lava Jato, que investiga organizações criminosas responsáveis por desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro em grandes quantias. Foi decretado o bloqueio de aproximadamente R$ 720 milhões em bens pertencentes a 36 investigados.

Ao todo, 300 policiais federais, com apoio de 50 servidores da Receita Federal, cumprem 85 mandados judiciais: 6 de prisão preventiva, 21 de prisão temporária, 9 de condução coercitiva e 49 de busca e apreensão nos estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, além do Distrito Federal.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Entre os mandados de busca, 11 estão sendo cumpridos em grandes empresas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Provas no dia 26 de maio

Caixa abre inscrições para concurso público com salários de até R$ 14,9 mil

Imagem de destaque
Já fez seu jogo?!

Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio acumulado em R$ 135 milhões

Imagem de destaque
Manipulações proibidas

Tribunal Superior Eleitoral restringe uso de Inteligência Artificial nas eleições municipais de 2024

Imagem de destaque
AMAZÔNIA É A MAIS AFETADA

Área queimada no Brasil tem aumento de 248% em relação a janeiro de 2023


Foi autorizado também o bloqueio integral de valores pertencentes a três empresas referentes a um dos operadores do esquema criminoso. A sétima fase é fruto da análise do material apreendido e dos depoimentos colhidos nas fases anteriores.

Publicidade


Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de organização criminosa, formação de cartel, corrupção, fraude à Lei de Licitações e lavagem de dinheiro.



Entenda o caso

Publicidade


A Operação Lava Jato foi deflagrada no dia 17 de março deste ano com o objetivo de desarticular organizações criminosas que tinham como finalidade a lavagem de dinheiro e a prática de crimes contra o Sistema Financeiro Nacional.


Os grupos investigados registraram, segundo dados do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF/MF), operações financeiras atípicas num montante que supera os R$ 10 bilhões.



Onde estão sendo cumpridos os mandados:

PR – 2 mandados de busca e 1 mandado de prisão preventiva (todos em Curitiba)
DF – 1 mandado de busca e 1 mandado de prisão preventiva
MG – 2 mandados de busca (todos em Belo Horizonte)
PE – 2 mandados de busca (todos em Recife)
RJ – 11 mandados de busca, 2 mandados de prisão preventiva e 4 mandados de prisão temporária
SP (Capital) – 29 mandados de busca, 2 mandados de prisão preventiva, 15 mandados de prisão temporária e 9 conduções coercitivas
Jundiaí (SP) – 1 mandado de busca e 1 mandado de prisão temporária
Santos (SP) – 1 mandado de busca e 1 mandado de prisão temporária


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade