Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Maranhão

Preso é encontrado morto na penitenciária de Pedrinhas, em São Luís

Agência Brasil
27 abr 2015 às 18:35
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um detento foi encontrado morto na madrugada de hoje (27) em uma das celas do Centro de Detenção Provisória do complexo penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap), ele foi identificado como João Batista Veloso dos Santos.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML), e a secretaria determinou a apuração do caso. Dados preliminares indicam que o preso foi morto por enforcamento. Os detentos que estavam na mesma cela que ele serão ouvidos pela polícia. As investigações estão sendo conduzidas pela Corregedoria da Sejap e pela Polícia Civil.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Com este caso, sobe para três o número de mortes em celas do complexo penitenciário de Pedrinhas neste ano. Em março, outros dois detentos foram assassinados no presídio. Em janeiro, no entanto, Jocean Soares Dantas, preso que cumpria pena em uma das unidades, foi morto com dois tiros após tentativa de fuga. Ele havia simulado um mal-estar e foi levado à enfermaria, onde lutou com um vigilante.

Leia mais:

Imagem de destaque
Questão de gênero

Violência contra idosas: quando o trabalho doméstico vira escravidão?

Imagem de destaque
Mídia digital

Quase metade dos brasileiros evita notícias, indica relatório da Reuters

Imagem de destaque
2x São Paulo

Área queimada no pantanal em 2024 já é 54% maior do que em ano de destruição recorde

Imagem de destaque
Saiba mais

Estudo atesta eficácia de tratamento mais barato para AVC pelo SUS

Em 2013 houve 47 homicídios em Pedrinhas, e no ano passado mais 14. Segundo as autoridades, a maioria dos assassinatos foi motivada por conflitos entre facções rivais. Para separar os grupos, o presídio passou por uma reestruturação do complexo no início do ano, o que, segundo a secretaria, inibiu os confrontos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade