Pesquisar

Canais

Serviços

- Gustavo Carneiro
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Mais de 55 mil

Com peritos em falta, Paraná tem fila de crimes a serem resolvidos

Lucas Catanho - Grupo Folha
18 jan 2022 às 15:33
Continua depois da publicidade

A falta de peritos criminais atrasa a realização de exames periciais e, com isso, atrapalha a resolução de crimes no Paraná. A denúncia é do Sinpoapar-PR (Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Estado).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Segundo o sindicato, de 2014 para cá há mais de 55 mil exames ainda sem designação no estado, ou seja, sem um perito atribuído ao caso para realização do exame. Em 2021, por sua vez, a Polícia Científica recebeu 113.883 solicitações de exames periciais, tendo concluído 90.820, ficando pendentes 23.063 exames.

Continua depois da publicidade


“Perícias paradas significam que investigações estão deixando de ser instruídas, que processos criminais estão aguardando informações importantes que poderiam estar ajudando a resolver crimes. A perícia auxilia na resolução e na comprovação de crimes não só para permitir a condenação dos criminosos, mas para inocentar os inocentes”, explica o perito criminal Alexandre Guilherme de Lara, presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná.  


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade