22/01/21
Campanha

Semana de mobilização reforça as ações contra o tráfico de pessoas

Começou nesta segunda-feira, em Curitiba, a Semana de Mobilização contra o Tráfico de Pessoas. As atividades seguem até 2 de agosto e marcam o primeiro Dia Mundial das Nações Unidas contra o Tráfico de Pessoas, em 30 de julho, data definida pela Assembleia Geral da ONU. As atividades são promovidas pelo Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas no Paraná (NETP/PR), vinculado ao Departamento de Direitos Humanos e Cidadania, da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

A coordenadora do NETP/PR, Stella Maris Machado Natal, explica que apenas em 2014 estão sendo investigadas no Estado várias denúncias de tráfico de pessoas, envolvendo cerca de 200 casos. Em termos nacionais, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) afirma que, quanto ao tráfico de pessoas, a maior parte dos casos refere-se à exploração sexual, tendo como principais vítimas mulheres, crianças e adolescentes. Em segundo vem a exploração para o trabalho escravo, ou seja, trabalho forçado, servidão, escravatura ou práticas similares e, em último lugar, a exploração para remoção de órgãos.


Stella informa que a mobilização ocorre simultaneamente à Campanha do Coração Azul, que tem a finalidade de implementar os protocolos que integram os Escritórios das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, relativos à Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas.

"O significado da Campanha do Coração Azul representa a tristeza das vítimas deste tipo de crime, traz a lembrança à insensibilidade daqueles que compram e vendem seres humanos e, também, representa o compromisso da ONU com o combate ao tráfico de pessoas", explica. "A ideia principal da campanha é conscientizar sobre o problema e inspirar aqueles que detêm o poder de decisão a promover as mudanças necessárias para acabar com esse crime", ressalta Stella Natal.

Em Curitiba, um dos destaques da programação será a iluminação, durante toda a semana, do Palácio Iguaçu e do Jardim Botânico na cor azul, como forma de demonstrar a solidariedade à campanha. Também serão realizadas diversas atividades de orientação, com palestras em estabelecimentos de ensino superior e a distribuição de material educativo nas ruas, com a finalidade de prevenir casos de tráfico de pessoas, além da publicação de artigos sobre o tema na imprensa.

As palestras vão acontecem nos auditórios de faculdades e serão abertas a toda a população, em especial para representantes da sociedade civil organizada e gestores municipais e estaduais. As demais ações serão realizadas nos principais pontos de concentração de pessoas em Curitiba, como a Rua XV de Novembro (Boca Maldita) e a Feira do Largo da Ordem, entre outros.

Um dos destaques é o I Ciclo de Debates sobre o Tráfico de Pessoas, na quarta-feira(30), às 19h, no Auditório do Bloco Bege, na Universidade Positivo(UP), na Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300, no Campo Comprido. Participam a secretária da Justiça do Paraná, Maria Tereza Uille Gomes; o coordenador-geral da Comissão Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, vinculado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, José Armando Fraga Diniz Guerra; e a fundadora da Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude, Dalila Figueiredo.

As inscrições para o I Ciclo de Debates na UP podem ser feitas pelo e-mail [email protected] ou no local do evento.

Para saber mais sobre a mobilização da ONU para o Dia Mundial, visite www.endht.org
Redação Bonde
Continue lendo
Decisão do TRF-4

Agepar consegue suspensão de decisão que possibilitava aumento no pedágio

21 JAN 2021 às 17h51
Acesso à Dez de Dezembro

Semáforos da Charles Lindemberg entram em funcionamento na zona leste

21 JAN 2021 às 17h50
Meu Bolso em Dia

Febraban lança programa de aceleração para startups de educação financeira

21 JAN 2021 às 17h44
Mais conectividade

Projeto Rua Inteligente trará inovação e tecnologia à rua Sergipe

21 JAN 2021 às 17h18
Direitos Humanos na Pandemia

OAB denuncia governo Bolsonaro à OEA por omissão no combate à epidemia da Covid-19

21 JAN 2021 às 16h20
Comer em casa

Pesquisa mostra que 80% estabelecimentos comerciais manterão delivery mesmo após pandemia

21 JAN 2021 às 15h57
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados