Pesquisar

Canais

Serviços

Geraldo Bubniak/AEN-PR
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Será?

Decisão poderá "livrar" temporariamente paranaenses do pagamento de pedágios; entenda

Vitor Struck/Grupo FOLHA
15 out 2021 às 11:55
Continua depois da publicidade

Uma decisão da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicada na noite desta quinta-feira (14) poderá fazer com que o Paraná permaneça ao longo de quase todo 2022 sem a cobrança das tarifas do pedágio

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Isso porque, conforme um novo calendário divulgado pelo órgão, a assinatura dos contratos com as novas concessionárias ficará somente para o quarto trimestre de 2022, cerca de um ano após o encerramento dos contratos atuais e depois das eleições majoritárias. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Após a mudança no cronograma, o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) afirmou em nota que vai licitar a manutenção das rodovias do Anel de Integração durante este período através da contratação de empresas terceirizadas. 


Entretanto, não ficou claro se o Governo do Paraná também irá garantir a presença de ambulâncias, socorristas e guinchos para o atendimento de urgência em caso de acidentes com vítimas em estado grave, ou se este serviço dependerá exclusivamente dos profissionais que atuam nos municípios. Atualmente, diversos postos de pedágio possuem estes serviços.


Continue lendo na Folha de Londrina.




Continue lendo