Pesquisar

Canais

Serviços

Divulgação/CMTU
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Vou de táxi

Após receber dinheiro da prefeitura, TCGL pede que passagem de ônibus 'salte' para R$ 10,15

Reportagem Local
28 dez 2021 às 13:35
Continua depois da publicidade

As duas empresas que operam o serviço do transporte coletivo urbano em Londrina, a TCGL (Transporte Coletivo Grande Londrina) e a Londrisul, protocolaram na CMTU (Companhia Municipal de Urbanização e Trânsito) uma solicitação para o aumento das tarifas de ônibus. As empresas relataram a impossibilidade de manter os serviços com os valores atuais.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O que chama atenção, porém, são os preços sugeridos pelas concessionárias. Enquanto a  TCGL pede que a tarifa seja reajustada para R$ 10,15, a Londrisul fez o requerimento no valor de R$ 9,19. Tradicionalmente, as tarifas do transporte coletivo urbano de Londrina são reajustadas nos primeiros dias do ano. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Atualmente a tarifa está fixada em R$ 4,25. O último reajuste, de R$ 0,30 entrou em vigor em 1º de janeiro de 2019. Apesar de não ter havido reajustes nos últimos anos, o município pagou um aditivo de 21,8 milhões às duas empresas para compensar as perdas com a diminuição de passageiros durante a pandemia.


Foram realizados dois termos para atender o pedido de reequilíbrio financeiro das empresas, sendo  R$ 12,7 milhões pagos entre julho e dezembro deste em cinco parcelas à TCGL (Transportes Coletivos Grande Londrina) e outros R$ 7,3 mi para  a Londrisul. 


Além disso, a prefeitura fez no dia 10 de outubro deste ano o pagamento de mais R$ 1,87 milhão, valor que é referente ao PPR (Programa de Participações nos Resultados), que havia deixado de ser repassado aos trabalhadores das empresas em 2020. Vereadores apontaram a falta de publicidade aos repasses e o Ministério Público pediu explicações sobre detalhes do aditivo ao município.

Siga as atualizações desta notícia na FOLHA

Continue lendo