Pesquisar

Canais

Serviços

Divulgação/Polícia Militar
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Violência

Esposa e filha de quatro meses presenciam tiros que mataram homem em Rolândia

Gustavo Batista - Estagiário*
22 nov 2021 às 10:00
Continua depois da publicidade

A PM (Polícia Militar) deparou-se com o corpo de Bruno Henrique Manganotti, 24, caído ao solo e já inconsciente após ser ferido por arma de fogo neste domingo (21). A esposa dele detalhou à polícia que saiam de um restaurante, acompanhados da filha de quatro meses, quando foram surpreendidos por um automóvel Fiat Palio ocupado por aparentemente quatro homens encapuzados.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Ao menos dois teriam sido os autores dos vários disparos que mataram Manganotti. A família da vítima não sofreu ferimentos.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Os criminosos, segundo a PM, fugiram  em direção a Cambé, na região metropolitana de Londrina, e após  tentativa de interceptação do automóvel por parte da polícia, reagiram abandonando o veículo e deixando o local em direção a uma mata.


Até a produção do boletim de ocorrência, eles não foram localizados. Foram acionados a Polícia Civil, e o IML (Instituto Médico-Legal), além da perícia que recolheu diversos estojos deflagrados de munição calibre 380 e projéteis, como conta o setor de comunicação do 15º BPM (Batalhão de Polícia Militar).


Além da morte do jovem, os tiros deixaram seu carro e um outro estacionado na via danificados. 

Continua depois da publicidade


A identidade do falecido foi divulgada pela PM e posteriormente confirmada pelo IML de Londrina, para onde o corpo foi encaminhado, à reportagem. 


Confronto


Os quatro suspeitos do homicídio entraram em confronto com a PM por volta das 14h37 na rodovia Melo Peixoto. No entanto, não foram capturados.


Após tomar conhecimento do homicídio e de que os responsáveis estariam no Pálio, a viatura do 5º BPM (Batalhão de Polícia Militar) se deslocou pela BR-369 e avistou um veículo com as mesmas características, optando pela abordagem.


De acordo com  PM, os homens não acataram a ordem de abordagem e o motorista aumentou a velocidade do automóvel, jogando-o em um barranco. Os quatro ocupantes desembarcaram e atiraram por diversas vezes contra a equipe, que revidou para conter a ameaça.


Os indivíduos, porém, entraram em uma área de mata e não foram mais vistos.


Dentro do veículo, estavam um carregador de pistola 9 mm municiado , duas balaclava e dois aparelhos celulares. Os objetos, juntamente com o Pálio, foram encaminhados para providências.


*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.

Continue lendo