Pesquisar

Canais

Serviços

Fernando Frazão/Agência Brasil
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Temporal custou caro

Londrina e Alvorada do Sul somam cerca de 4 mil imóveis sem energia elétrica nesta terça

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
26 out 2021 às 10:14
Continua depois da publicidade

A tempestade do último sábado (23) ainda deixa rastros pelo Paraná e cerca de 4 mil imóveis, dois mil em cada cidade, seguem sem energia elétrica em Londrina e Alvorada do Sul na manhã desta terça-feira (26), informa a Copel.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A região Norte chegou a ter 133 mil unidades consumidoras desligadas, no auge do temporal. Nesta terça-feira, há aproximadamente 8 mil unidades consumidoras sem energia.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Em Alvorada do Sul, o município mais prejudicado pelo evento climático na região, foram religados, nesta segunda (25), 4 mil domicílios, em duas etapas de trabalho nas redes que tiveram 29 postes quebrados. Ao todo, a região Norte contabiliza 317 postes danificados pelo temporal.


Mais de 2 mil eletricistas seguem mobilizados no enfrentamento deste que a Copel diz ser o pior evento climático que já enfrentou no Paraná.


Os eventos deste fatídico fim de semana só não superaram o ciclone-bomba ocorrido na região Leste, em junho de 2020, que chegou a desligar 1,2 milhão de unidades consumidoras, alternadamente, durante a ocorrência das chuvas.

Continua depois da publicidade


Já foram identificados mais de 1.200 postes quebrados, sendo 516 na região Noroeste do Estado. Equipes das localidades menos atingidas somam esforços com trabalhadores locais de emergência, manutenção e obras, reduzindo os domicílios desligados a 35 mil, em todo o Paraná.

Continue lendo