Pesquisar

Canais

Serviços

- Pedro Marconi/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Após protestos

Arcebispo e prefeito manifestam-se a favor da criação do conselho LGBT em Londrina

Pedro Marconi/Grupo Folha
20 set 2021 às 16:14
Continua depois da publicidade

O arcebispo da Arquidiocese de Londrina, dom Geremias Steinmetz, e o prefeito Marcelo Belinati (PP) voltaram a se manifestar favoravelmente à criação do Conselho Municipal dos Direitos LGBT. Os dois estiverem presentes em cerimônias distintas nesta segunda-feira (20) e foram questionados sobre a polêmica criada em torno da proposta. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


No fim de semana, houve protestos favoráveis e contrários ao projeto, que está na Câmara e foi sugerido pelo Executivo.

Continua depois da publicidade


Dom Geremias lembrou que a Igreja Católica foi provocada a se posicionar sobre o projeto de lei após ser oficiada pelo Legislativo e que ao analisar o tema não viu problema na criação do conselho.


“Sabemos da realidade que a comunidade LGBT enfrenta. Queria dizer que não estamos falando do LGBT que vive nos altos patamares da sociedade, mas aquele que está embaixo. Aquele que está na rua. É esse que sofre. Não podemos fechar os olhos e esperamos que os vereadores também não fechem”, afirmou

Continua depois da publicidade


Belinati destacou que o conselho é para prevenir questões de preconceito, discriminação e violência contra pessoas LGBTQIA+, sigla que representa diversas minorias sexuais e de gênero. “Se a pessoa se manifestou, significa que quer emitir opinião e o melhor lugar é dentro do conselho. Se é contra, participe do conselho, debata, exponha a ideia”, argumentou. “Londrina é cidade de vanguarda, temos problema como o Brasil inteiro tem e não adianta as pessoas quererem varrer coisa para debaixo do tapete e fingir que não existe”, acrescentou o prefeito.


Leia mais na Folha de Londrina


 

Continue lendo