15/11/19
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
2,8 graus na escala Richter

Centro de Sismologia registra tremor em cidades do Paraná

Reprodução
Reprodução


O Centro de Sismologia da USP registrou na noite de quarta-feira (19) um tremor em Piraí do Sul (185 km de Londrina), que fica na região dos Campos Gerais. O tremor foi registrado por volta das 22h49 e teve magnitude de 2,8 graus na escala Richter.

A informação foi postada na página do Centro de Sismologia no Facebook. Na postagem, é relatado que as equipes do local receberam diversos telefonemas e mensagens de pessoas que sentiram o tremor na região dos Campos Gerais.


"Eventos como esse não são incomuns, como vocês sabem, podem acontecer todas as semanas em qualquer parte do país e, dificilmente, causam algum dano relevante", diz trecho do post.



A reportagem entrou em contato com o Corpo de Bombeiros Comunitário de Piraí do Sul. Equipes afirmaram que não houve nenhum chamado sobre a situação, mas que a população relatou que casas tremeram, coisas caíram e que um forte estrondo foi ouvido na região. No entanto, até a tarde desta quinta-feira (20), ninguém sabia ao certo o que tinha acontecido. Além de Piraí do Sul, moradores de Jaguariaíva (263 km de Londrina) também ouviram barulhos e sentiram um tremor.

Outros tremores

Em outubro, dois tremores foram registrados entre Londrina e Ibiporã. Na ocasião, foi confirmado um tremor de 2,1 graus na escala Richter e outro ficou entre 0,5 e 0,6 graus na escala Richter, segundo o geólogo José Paulo Pinese, professor de geologia da UEL (Universidade Estadual de Londrina).

Os tremores foram registrados na área rural entre Ibiporã (zona sul) e Londrina (zonas norte e leste). Segundo o professor, os movimentos aparentemente se remeteram à causas naturais, ou seja, foram movimentações das rochas no subsolo.
Fernanda Circhia - Reportagem Local
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
2,1 graus na escala Richter

Tremor na zona norte de Londrina foi causado por movimentação de rochas

Em Londrina

Lei Seca Municipal aplica 814 autuações em um ano

Veja mais e a capa do canal