Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/CML
Continua depois da publicidade
'Aplause'

Fundadora de show de patinação em Londrina ganhará cidadania honorária

Redação Bonde com CML
16 jun 2016 às 11:12
Continua depois da publicidade

O espírito empreendedor e a disposição da empresária Juliana Bicalho Sanches em ajudar o próximo serão reconhecidos pela Câmara de Londrina com a entrega do título de Cidadã Honorária nesta sexta-feira (17), às 20 horas, na sala das sessões do Legislativo. A outorga da honraria foi proposta pelo vereador Professor Rony (PTB), com apoio de outros parlamentares, e sancionada pelo prefeito Alexandre Kireeff (PSD) por meio da lei nº 12.411/2016. A sessão solene terá transmissão online por meio do site www.cml.pr.gov.br.

Continua depois da publicidade

Natural de São Paulo, Juliana chegou a Londrina em 1989, após casar-se com o empresário Ilson Eduardo Felicio Sanches. Ao mudar-se para cá ela deixou para trás o emprego em um grande clube da capital paulista, mas não a paixão pela patinação artística, que a move desde a infância. "Meu pai me deu o primeiro par de patins aos 7 anos. Dali em diante, passei a respirar patinação", conta a professora de Educação Física de 51 anos.


Ela lembra que 27 anos atrás este esporte era pouco conhecido em Londrina e não havia escolas que ensinassem a modalidade. "Inaugurei a primeira escola de patinação na cidade em novembro de 1989. Trabalhei sete dias por semana por seis anos e juntei um capital que me proporcionou construir o primeiro ginásio no Brasil com esta finalidade exclusiva." No ano seguinte Juliana realizou a primeira edição do Show Aplause de Patinação, espetáculo beneficente que em 26 anos já arrecadou mais de 242 toneladas de alimentos para um público de mais de 186 mil pessoas. Além dos espetáculos de Londrina outros oito foram realizados em Porecatu.



Evento oficial - Desde 2000 o show é realizado com o apoio do Rotary Club Aeroporto, parceria que garantiu um novo fôlego ao espetáculo. O público, que antes ficava entre 1 mil e 1,2 mil pessoas, agora chega à média de 10,6 mil espectadores. A arrecadação de alimentos, por sua vez, atingiu as 23,6 toneladas na última edição. Estes números levaram ao reconhecimento do espetáculo pela Câmara de Vereadores, que incluiu o evento no calendário oficial do Município, por meio da lei nº 9.113/2003.


Para Juliana, realizar o show anualmente no mês de outubro é uma forma de dar à cidade um retorno de tudo o que recebeu até hoje. "Londrina me permitiu realizar o sonho de trabalhar com patinação. Aqui encontrei pessoas empreendedoras, que acreditaram no meu projeto. Encontrei as pessoas certas", avalia, revelando que o reconhecimento por meio do Titulo de Cidadã Honorária foi uma surpresa. "A gente não trabalha esperando uma homenagem como esta. Mas além da alegria, sinto que terei mais responsabilidade, afinal represento muitas pessoas."

Continua depois da publicidade

A contribuição cultural do espetáculo para a cidade, somada à possibilidade de ajudar diversas entidades assistenciais, motivou a outorga da honraria, segundo o vereador Professor Rony. "A Juliana trouxe e imprimiu a marca Show Aplause de Patinação em Londrina, que hoje faz parte do calendário oficial. Trata-se de um evento que não visa lucros e já tornou-se uma tradição, arrecadando toneladas de alimentos para doação. A seriedade e a discrição com que ela faz este trabalho merece todo o nosso respeito", afirmou o parlamentar.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade