Pesquisar

Canais

Serviços

Gustavo Carneiro/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
1.659 fichas em dois dias

Pacientes com sintomas respiratórios lotam UPA Sabará nesta quarta em Londrina

Vítor Ogawa - Grupo Folha
05 jan 2022 às 20:00
Continua depois da publicidade

O movimento na UPA do Sabará (zona oeste) foi intenso na tarde desta quarta-feira (5), com pacientes com sintomas de gripe ou de Covid-19 em busca de atendimento especializado. Segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, em dois dias a UPA do Sabará gerou 1.659 fichas de atendimento. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


“De 1º a 4 de janeiro do ano passado foram geradas 1.901 fichas na UPA. Em números absolutos foram menos fichas este ano, mas no ano passado essas fichas foram em um intervalo mais espaçado. O que aconteceu agora é que deu um 'boom'. Neste ano muitas fichas foram abertas na segunda-feira e na terça-feira, ou seja, só em dois dias. Esse número vai passar o do ano passado”, apontou. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A pasta reforçou que a UBS da Vila Casoni voltará a atender os casos de SRAG (Síndrome Respiratórias Agudas Graves) e casos de Covid-19 nesta quinta-feira (6). Também irá reativar a tenda para realizar o atendimento na UPA do Sabará. 


Na tarde de quarta-feira ela ainda não estava sendo utilizada, mas já foi montada na área em que fica o estacionamento da unidade, lado oposto de onde estava antes. Quando a reportagem chegou ao local, o espaço estava repleto de pacientes. Além das pessoas que estavam na sala de espera da unidade havia muitas pessoas do lado de fora, algumas delas sentadas no chão, aguardando atendimento. 


A autônoma Kawane Gonçalves Andrade de Souza, 21, passou alguns dias na praia em Balneário Camboriú. “Eu senti febre, dor de cabeça, tosse, coriza e dor no corpo. Fui fazer o teste na farmácia e deu positivo. Me encaminharam aqui para a UPA para pegar a receita do remédio e para fazer o exame PCR”, destacou. CONTINUE LENDO NA FOLHA.

Continue lendo