Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bala perdida

Adolescente que ficou paraplégica volta ao hospital

Redação Bonde
16 mar 2007 às 12:08
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A adolescente Priscila Aprígio, 13, que ficou paraplégica após ser atingida por uma bala perdida durante uma tentativa de assalto a uma agência do banco Itaú em Moema (SP), voltou ao hospital nesta quinta-feira (15). Pricila havia recebido alta no dia 13. Ela apresentou quadro de febre e processo infeccioso, que será investigado por meio de exames.

A bala atingiu duas vértebras, que danificou os nervos e a medula da adolescente. A expectativa do hospital é que ela fique ao menos dois anos sem andar. Se voltar a andar, será com seqüelas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Desde que recebeu alta, Priscila e os parentes foram levados para um hotel, enquanto aguardam a casa, em Embu (Grande São Paulo), ser adaptada para as novas necessidades da garota.

Leia mais:

Imagem de destaque
Cantora francesa

Françoise Hardy pediu a Macron em carta a legalização da eutanásia

Imagem de destaque

Acordo evita que torcedores condenados por racismo contra de Vinicius Jr. sejam presos

Imagem de destaque
Em julho

Google vai testar 1° no Brasil bloqueio automático de tela de celular

Imagem de destaque
De Guarulhos

Gol anuncia voos diretos para a Costa Rica a partir de novembro

O banco Itaú assumiu os custos da obra. A família de Priscila afirma enfrentar um impasse para que a casa onde moram comece a ser reformada. O imóvel passa por um inventário pois pertence ao pai da adolescente, Isaías Silva, juntamente com seus irmãos, que não se interessam em ficar com a residência adaptada.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade