Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Vandalismo

Ataque a Câmara: Cerca de 300 sem-terra são detidos

Redação Bonde
06 jun 2006 às 20:11
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Cerca de 300 manifestantes do Movimento de Libertação dos Sem Terra que invadiram e depredaram as dependências da Câmara dos Deputados na tarde desta terça (6) foram detidos no final da tarde e levados, de ônibus, para o ginásio da Polícia Militar no Distrito Federal, onde serão identificados.

Os sem-terra do MLST, dissidência do MST, invadiram por volta das 15h desta terça-feira a Câmara e entraram em confronto com seguranças da Casa. A ocupação durou mais de uma hora. Os manifestantes viraram um automóvel no estacionamento do anexo 2 da Câmara, quebrando a porta de vidro do prédio e destruindo vários equipamentos, inclusive postos informatizados de atendimento ao público.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Num balanço parcial, a segurança da Câmara informou que pelo menos 26 pessoas ficaram feridas, sendo um segurança em estado muito grave. A liderança do movimento afirmou que 1.100 pessoas compareceram ao ato.

Leia mais:

Imagem de destaque
Dia dos Pais

Kate Middleton homenageia príncipe William com imagem inédita e mensagem de amor

Imagem de destaque
Crystal

Como funciona o Cirque du Soleil, que leva espetáculo de gelo ao Rio e a São Paulo

Imagem de destaque
Proibido em 21 países

Saiba como é a legislação sobre aborto ao redor do mundo

Imagem de destaque

PL antiaborto deixa a lei brasileira tão dura quanto a de países como Afeganistão e Indonésia

O MLST reivindica entre outras coisas mudança na lei que determina que toda propriedade ocupada fica impedida de ser vistoriada para fins de reforma agrária por dois anos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade