Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
102 mortos

Ataque contra manifestação pela paz na Turquia foi ordenado pelo Estado Islâmico

Agência Brasil
28 out 2015 às 16:26
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O atentado do dia 10 de outubro, que matou 102 pessoas e feriu mais de 500 em uma marcha pela paz em Ancara, foi organizado pelo grupo Estado Islâmico, afirmou hoje o procurador turco encarregado do inquérito.

"Foi determinado que o grupo [que perpetrou o ataque] planejou atentados na Turquia, depois de receber instruções diretas da organização terrorista Daesh [acrónimo árabe do grupo Estado Islâmico], na Síria", lê-se numa declaração publicada hoje (28) na página da internet do gabinete do procurador de Ancara.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O ataque foi contra uma manifestação pacifista, organizada pela esquerda turca e por ativistas pró-curdos, e foi o que provocou mais mortes na Turquia.

Leia mais:

Imagem de destaque
Europa

PSG goleia o Barcelona e chega à semifinal da Liga dos Campeões

Imagem de destaque
Olimpíadas

Paris, a cem dias dos Jogos, luta contra terrorismo e por promessa verde

Imagem de destaque
Análise

Movimento de descriminalização de drogas esbarra em falhas de políticas sociais

Imagem de destaque
F1

Alonso tem início mais tímido, mas vê Aston se comportando como time grande


Responsáveis turcos indicaram anteriormente que o ataque foi perpetrado por dois homens-bombas, um dos quais turco, e que o Estado Islâmico era o "suspeito número um", embora tenham admitido que os responsáveis podiam ser rebeldes curdos.

Segundo o procurador, o grupo jihadista pretendia com o ataque "adiar as eleições legislativas de 1° de novembro criando uma situação de caos e instabilidade".


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade