Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
De Borracha

Brinquedos demoram 11 anos para dar volta ao mundo

Redação - Folha de Londrina
30 jul 2003 às 17:49
Continua depois da publicidade

Abandonados à própria sorte no oceano Pacífico há mais de 11 anos, os sobreviventes de um "exército" de 29 mil patos, tartarugas, rãs e castores de borracha, destinados a nadar nas tranquilas águas das banheiras, podem chegar nesta quarta-feira à costa britânica, depois de sua curiosa volta ao mundo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Em janeiro de 1992, quando viajavam a bordo de um cargueiro que havia saído de Hong Kong rumo ao porto de Tacoma, no Estado de Washington (noroeste dos EUA), o contêiner em que eram transportados caiu no mar.

Continua depois da publicidade


Desde então, Curtis Ebbesmeyer, um oceanógrafo de Seattle (noroeste dos EUA) vem acompanhando sua trajetória, pondo em dia a viagem dos patinhos e seus companheiros no site islandnet.com.


Segundo Ebbesmeyer, que trabalha com um programa capaz de simular os fenômenos provocados por ventos e correntes, os mais afortunados dessa improvisada expedição estão hoje no Atlântico, a ponto de completar sua volta ao mundo.


Desde os primeiros seis patinhos que abandonaram a aventura nas costas do Alasca, milhares de seus companheiros de viagem foram desaparecendo afogados, aprisionados nos gelos ou devorados por peixes.

Continua depois da publicidade


Mas Ebbesmeyer diz que centenas desses pequenos animais de borracha estão hoje no Atlântico e alguns estão a ponto de alcançar as costas islandesas, irlandesas ou britânicas, depois de atravessar o mar e o estreito de Bering e sobreviver às temperaturas glaciais do oceano Ártico.


Ebbesmeyer afirma esperar impaciente a chegada dos aventureiros, momento em que poderá demonstrar o acerto de suas especulações.

Informações da Agência France Press


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade