Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Cadastramento de celulares pré-pagos termina no domingo

Redação - Bonde
17 jan 2004 às 16:34
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Termina neste domingo, dia 18, o prazo de cadastramento dos celulares pré-pagos pelos seus usuários junto às prestadoras e a partir de segunda-feira os aparelhos que não tiverem sido cadastrados serão bloqueados para chamadas, mas poderão receber ligações durante trinta dias e, somente depois desse prazo, a persistir o não cadastramento, os aparelhos serão completamente bloqueados.

Para conseguir o desbloqueio do aparelho após o prazo de cadastramentop, o usuário deverá pagar uma taxa de R$ 5, por meio de débito em seus créditos pré-pagos ou por depósito bancário, em conta a ser posteriormente divulgada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo ato da Anatel, que será publicado no Diário Oficial da União na segunda-feira, se for constatada inconsistência nas informações cadastrais e o usuário se negar a retificá-las junto à prestadora, a empresa poderá efetuar o bloqueio imediato das chamadas originadas, obedecendo o prazo de trinta dias para posterior bloqueio das chamadas recebidas, caso a recusa de cadastro seja mantida.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise com Israel

Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem oficialmente Estado da Palestina

Imagem de destaque
Crise de úlcera

A dois meses de 'superluta', Mike Tyson passa mal em voo para Los Angeles

Imagem de destaque
Reunião fechada

Papa diz que seminários estão 'cheios de viadagem', afirma imprensa italiana

Imagem de destaque
Veja vídeo

Ivete Sangalo faz aniversário e é homenageada por fãs na Times Square


Segundo dados da Anatel, o serviço pré-pago conta hoje com 35.357.004 linhas em todo o País, o equivalente a 76,24% da telefonia celular. Desde a edição da lei que determinou o cadastramento obrigatório dos celulares pré-pagos, em julho de 2003, 90% dos usuários já realizaram o cadastramento.


Bonde, com informações da Agência Brasil


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade