Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Aspecto natural

Cresce procura de transplante capilar por cirurgia

Redação Bonde
17 abr 2007 às 20:06
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A velha máxima divulgada por uma antiga marchinha de carnaval "é dos carecas que elas gostam mais" não aquieta mais o ego masculino. Independente de elas gostarem ou não, muitos preferem não arriscar! A vaidade e o desejo de ter a cabeleira de volta tem levado cada dia mais homens aos especialistas em transplantes capilares. "O temor maior é se o resultado será natural. A princípio os pacientes optam por tratamentos clínicos, porém acabam acertando a cirurgia quando vêem os fatos e resultados obtidos" garante o especialista Murilo Caldeira.

Para que a calvície aconteça, é preciso, na maioria das vezes, haver pré-disposição genética que vem como herança do pai ou da mãe. Cerca de 60% dos homens apresentam algum grau de calvície durante a vida e apesar da incidência maior ser masculina, também ocorre em algumas mulheres. "Nesses casos existem tratamentos que diminuem a queda, mas, nem sempre impedem a cirurgia" explica Caldeira. Outros fatores podem contribuir e provocar a queda de cabelos, como estresse, tratamentos com medicamento, quimioterapia, diabetes, entre outros, mas, na maioria das vezes, nesses casos a queda é temporária.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"A técnica mais atual para transplante capilar existente é a chamada ‘fio a fio’, que traz um resultado muito próximo ao natural. A evolução do transplante capilar começou com a rotação de retalhos da lateral da cabeça para o topo, chamada técnica de Juri (cirurgião plástico argentino), posteriormente surgiu a técnica dos punchs que retirava da região posterior da cabeça alguns retalhos circulares, porém deixava com aspecto de cabelo de boneca (tufos de 20 á 30 fios de cabelo). Com a técnica ‘fio a fio’ o procedimento é seguro, a cicatriz é quase imperceptível pois é encoberta pelo cabelo, a recuperação se dá em cerca de 4 dias e a cabeleira fica perfeita em aproximadamente 7 meses. Com essa novidade a procura tem sido grande" conta o especialista.

Leia mais:

Imagem de destaque
Tratamento de diabetes 2

Ainda indisponível no Brasil, importar Mounjaro custa mais de R$ 5 mil por tudo

Imagem de destaque
Dez mais

Com Neymar, Forbes divulga lista dos atletas mais bem pagos do mundo

Imagem de destaque
Igreja Católica

Papa Francisco anuncia Jubileu 2025 e reforça pedidos de paz

Imagem de destaque
Tratamento de AVCs

Brasileiro lidera estudo de 1º dispositivo em miniatura que mapeia e desobstrui coágulos cerebrais


Outro fator que contribui para o crescimento da procura por cirurgia plástica é que o homem está cada vez mais se preocupando com a aparência física. De uma maneira geral, a vaidade masculina torna-se mais acentuada com idade entre 40 e 60 anos, faixa em que o executivo, por uma exigência do trabalho, necessita ter uma aparência jovem e bem cuidada. "Já tive alguns pacientes calvos que se sentiam excluídos do amor e do relacionamento social. Fazer um transplante capilar resgata a auto estima trazendo a pessoa um aumento no desempenho em todos os setores de sua vida. Costumo dizer que fazemos uma cirurgia na cabeça e operamos o cérebro" conclui o especialista.


Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica o Brasil realizou 616 mil cirurgias plásticas em 2004 sendo que 31% deste contingente, ou seja, 190 mil procedimentos foram realizados por homens.

Fonte: es.ti.lo Press Assessoria de Comunicação


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade