Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Conflito no Oriente Médio

Mais de 300 palestinos morreram em 12 dias de ofensiva israelense em Gaza

Agência Brasil
19 jul 2014 às 12:11
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Em 12 dias de ofensiva israelense na Faixa de Gaza, 330 palestinos morreram e mais de 2.400 ficaram feridos. As vítimas, em sua maioria, são civis.

Segundo fontes médicas, o número de mortes aumentou muito desde a noite de quinta-feira (17), quando o Exército de Israel iniciou uma ofensiva terrestre, que se soma aos bombardeios da Aviação e da Marinha de Guera.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Somente nas primeiras 24 horas da incursão terrestre, mais de 70 palestinos morreram nos ataques, concentrados nos bairros do norte e do sul da Faixa de Gaza.

Leia mais:

Imagem de destaque
Lamentável

J.K. Rowling condena estrelas de 'Harry Potter' por apoiar pessoas trans

Imagem de destaque
Tinha câncer

Morre O.J. Simpson, ex-jogador de futebol americano, aos 76 anos

Imagem de destaque
Em 2025

Cerimônia da próxima edição do Oscar ganha data para acontecer; veja a data

Imagem de destaque
Lançamento em junho

Google anuncia IA para criar vídeos, resumir reuniões e melhorar emails


Na noite passada, a violência foi particularmente intensa nos bairros de Beit Lahia e Beit Janun, onde um obus das forças israelenses matou oito pessoas de uma mesma família. No sul da Faixa, uma das áreas mais castigadas por terra, mar e ar, três pessoas morreram em um bombardeio noturno.


Na localidade de Jan Yunis, também ao sul, quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas na noite de ontem (18). Em Rafah, perto da fronteira com o Egito, os mortos em ataques israelenses chegaram a uma dezena.

As crianças, que são quase metade da população da Faixa de Gaza, também são vítimas do conflito entre os israelenses e palestinos: cerca de 80 menores de idade morreram desde que começaram as hostilidades.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade