Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Diplomacia

Missão liderada por brasileiro vai a S. Tomé e Príncipe

Bonde, com informações da Agência Brasil
19 jul 2003 às 18:43
Continua depois da publicidade

Uma missão liderada pelo chanceler brasileiro, embaixador Celso Amorim, chega neste sábado a São Tomé e Príncipe, país africano que sofreu um golpe de estado e agora é liderado pelo militar Fernando Pereira Codó.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A Missão Bons Ofícios, formada por diplomatas, vai dialogar com o grupo de militares que tomou o poder. O objetivo é negociar a volta da normalidade ao país africano.

Continua depois da publicidade


O grupo de diplomatas foi formado inicialmente pelo embaixador do Brasil em Luanda, Jorge Taunay e pelo Ministro do Interior de Angola, Oswaldo Serra Van-Dúnem. A partir deste sábado, contará com a participação de representantes do Congo, Gabão, Nigéria, República Centro Africana e Chade.

O memorando de início de negociações pelo retorno à normalidade, assinado ontem por Fernando Pereira Codó e autoridades diplomáticas em São Tomé e Príncipe, permitiu que fosse suspenso o toque de recolher decretado desde quarta-feira. O espaço aéreo do país também foi reaberto.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade