Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Recebidos a tiros

Mulher de 92 anos morre em tiroteio com policiais

Redação - Bonde
22 nov 2006 às 18:59
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma idosa morreu e três policiais foram feridos, supostamente por ela, num tiroteio na cidade em Atlanta, nos Estados Unidos. O incidente ocorreu na noite desta terça-feira (21), quando agentes da polícia executaram um mandado de busca por drogas numa residência. Ao forçarem a porta para entrar, eles teriam sido recebidos a tiros por Kathryn Johnston, uma idosa de 92 anos.

"Não houve tempo para ver quem estava dentro da casa, (os agentes) foram recebidos a balas", disse numa entrevista coletiva nesta quarta-feira (22) o subchefe de Polícia, Alan Dreher. "Sabemos que é uma idosa, mas também sabemos que feriu os três agentes", acrescentou Dreher.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Dreher afirmou que os oficiais já haviam se identificado, foram ao local numa patrulha, chamaram pelo morador e, ao não receberem resposta, começaram a forçar a porta. Os agentes, no entanto, não tocaram a campainha. "Em circunstâncias especiais não é preciso tocar. Dispararam nos agentes e eles revidaram", disse Dreher.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crystal

Como funciona o Cirque du Soleil, que leva espetáculo de gelo ao Rio e a São Paulo

Imagem de destaque
Proibido em 21 países

Saiba como é a legislação sobre aborto ao redor do mundo

Imagem de destaque

PL antiaborto deixa a lei brasileira tão dura quanto a de países como Afeganistão e Indonésia

Imagem de destaque
Veja vídeo

Kate Middleton faz primeira aparição pública oficial após confirmar câncer


"Atiraram nela como se fosse um cachorro", disse à TV local sua sobrinha, Sarah Dozier. "Ninguém vive ali, apenas ela", acrescentou. "Entraram falando de drogas, não havia drogas nessa casa".


"Agora sabem que era a casa errada", disse a mulher, afirmando que ela mesma comprou uma arma para a idosa, para que esta se defendesse de qualquer intruso. A sobrinha garantiu que a idosa tinha porte de arma.

Mas, segundo Dreher, um agente disfarçado comprou drogas nessa residência na terça-feira passada, com uma pessoa que não foi identificada. A polícia afirmou que fará uma investigação minuciosa do incidente. Um dos oficiais feridos recebeu alta e os outros dois ainda estão no hospital da área. (AFP)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade