Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Sentença inusitada

Noivo descobre que noiva é travesti e entra na Justiça

Redação Bonde
09 abr 2007 às 14:07
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O juiz J.D. Williamson julgou um caso bastante diferente: ele teve que decidir se um travesti iludiu ou não o seu ex-noivo por fazê-lo acreditar que era uma mulher. O caso aconteceu na cidade de Jackson, Estado de Mississipi (EUA).

Ferris Griggs ingressou com ação contra sua suposta noiva, Josie Garcia, exigindo que o sobrenome Garcia fosse retirado da escritura de uma casa de US$ 20 mil (R$ 41.200) que eles possuíam em conjunto.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


No tribunal, Josie declarou que o noivo sabia o tempo todo que ela era homem, e que eles mantiveram relações sexuais freqüentes durante vários meses. Griggs negou ter feito sexo com ela.

Leia mais:

Imagem de destaque
Descobertas de anticorpos

Após morte do pai por Covid, cientista brasileira em Harvard busca novos antivirais

Imagem de destaque
Mudança de estereótipo

'Dirija como uma mulher'; França lança campanha para reduzir mortes no trânsito

Imagem de destaque
Possíveis problemas

Série 'Bebê Rena' faz governo britânico alertar Netflix de projeto de lei de privacidade

Imagem de destaque
Novo estudo

Bactérias sobrevivem no solo do deserto do Atacama há milhões de anos

O juiz, em sua sentença, concluiu que Cindy não cometeu fraude e determinou que a casa seja vendida e que o dinheiro seja dividido entre os dois ex-companheiros.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade