Pesquisar

Canais

Serviços

Nova lei estimula a igualdade salarial entre homens e mulheres - Jim Watson/AFP
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
1ª lei sancionada

Obama assina lei contra discriminação sexual

BBC Brasil
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sancionou nesta quinta-feira (29), na Casa Branca, um projeto de lei que estimula a igualdade salarial entre homens e mulheres.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A legislação, que havia sido aprovado pelo Congresso nesta semana, é o primeiro projeto de lei assinado por Obama desde que ele tomou posse, no último dia 20 de janeiro.

Continua depois da publicidade


O ato do presidente foi saudado pelas mulheres, uma vez que o projeto põe fim a uma decisão da Suprema Corte, tomada em 2007, que impunha um prazo de 180 dias para que trabalhadoras pudessem processar seus empregadores por discriminação sexual.


"Assinar este projeto de lei hoje envia uma clara mensagem, a de que fazer a nossa economia funcionar significa garantir que ela funcione para todos, que não existam cidadãos de segunda classe no local de trabalho", disse o presidente.


A paridade no pagamento de salários foi um dos temas que veio à tona durante a campanha presidencial do ano passado, particularmente junto a eleitoras e representantes sindicais.

Continua depois da publicidade

Em média, as mulheres nos Estados Unidos recebem 23% a menos do que os homens, e trabalhadoras de minorias raciais recebem ainda menos.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade