Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Saúde

OMS lança novo plano anti-Covid-19 e pede US$23,4 bilhões

Ansa Brasil
29 out 2021 às 09:26
Continua depois da publicidade

A OMS (Organização Mundial da Saúde) anunciou na quinta-feira (28) um novo plano para combater a pandemia do novo coronavírus em países menos desenvolvidos e pediu US$23,4 bilhões nos próximos 12 meses para financiar a estratégia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A parceria das principais agências de saúde do mundo, "o acelerador ACT, precisa de US$ 23,4 bilhões para ajudar os países com mais risco a proteger e implantar as ferramentas de luta contra a covid-19 a partir de agora e até setembro de 2022", aponta a OMS em um comunicado.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Segundo a entidade, a quantia é uma pequena cifra em comparação com os trilhões de dólares de perdas econômicas devido à pandemia e o custo dos planos de recuperação.


"O acesso não equitativo aos testes de covid-19, aos tratamentos e às vacinas prolonga a pandemia no mundo inteiro e apresenta o risco de surgimento de novas variantes, mais perigosas, que poderiam escapar dos meios de lutas contra a doença", destaca a nota.


Para o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, a emergência sanitária, que já provocou a morte de quase 5 milhões de pessoas desde que surgiu na China no fim de 2019, "está longe de acabar".

Continua depois da publicidade


"Até o momento apenas 0,4% dos testes e 0,5% das vacinas aplicadas no mundo inteiro foram administrados nos países de baixa renda, apesar do fato de que representam 9% da população", enfatiza o texto.


A OMS ainda ressalta que "estamos em um momento decisivo, que exige uma liderança decisiva para conseguir que o mundo se torne mais seguro". 

Continue lendo