Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Neste sábado

Papa aceita renúncia de cardeal acusado de pedofilia

Ansa Brasil
28 jul 2018 às 12:52
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O papa Francisco aceitou neste sábado (28) a renúncia do arcebispo emérito de Washington (EUA), cardeal Theodore McCarrick, 88 anos, que é acusado de pedofilia.

Segundo comunicado da Santa Sé, a carta de demissão chegou ao Vaticano na noite da última sexta-feira (27) e foi aceita pelo Pontífice, que, além de tirar McCarrick do colégio cardinalício, determinou sua suspensão de qualquer ministério público.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O sacerdote também terá de "permanecer em uma casa que será indicada a ele, para uma vida de oração e penitência, até que as acusações sejam esclarecidas pelo processo canônico".

Leia mais:

Imagem de destaque
Cantora francesa

Françoise Hardy pediu a Macron em carta a legalização da eutanásia

Imagem de destaque

Acordo evita que torcedores condenados por racismo contra de Vinicius Jr. sejam presos

Imagem de destaque
Em julho

Google vai testar 1° no Brasil bloqueio automático de tela de celular

Imagem de destaque
De Guarulhos

Gol anuncia voos diretos para a Costa Rica a partir de novembro


McCarrick é acusado de ter violentado um adolescente 45 anos atrás, quando era padre em Nova York, e de ter mantido relações com seminaristas adultos. Ele se diz inocente.

Nos últimos dias, o arcebispo de Boston, cardeal Sean O'Malley, chefe da comissão antipedofilia criada pelo Papa, soltou uma nota dizendo que "desculpas não bastam" e que é preciso criar procedimentos claros para acusações de abusos cometidos por altos membros do clero. (ANSA)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade