Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Na Espanha

Presa quadrilha acusada de prostituir 27 brasileiras

BBC Brasil
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A polícia espanhola prendeu nesta sexta-feira uma quadrilha internacional acusada de prostituir mulheres brasileiras no sul do país. Segundo os detetives, em pouco mais de dois anos, a organização lucrou cerca de R$ 40 milhões com o tráfico de pessoas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A polícia realizou uma batida na madrugada de quinta para sexta-feira na cidade de Almeria, que resultou na prisão de 48 pessoas - 31 prostitutas e 17 espanhóis acusados de pertencer à quadrilha, entre eles, um gerente de banco.

Continua depois da publicidade


Segundo a polícia, a quadrilha controlava sete prostíbulos e 13 empresas responsáveis pela lavagem de dinheiro. Ao todo, 35 imóveis estavam registrados sob o nome de membros da gangue.


A Polícia Federal do Brasil participou das investigações para comprovar a origem das vítimas. Das 31 prostitutas, 27 são brasileiras. As outras quatro são russas.


As brasileiras detidas serão deportadas por estarem ilegalmente no país.

Continua depois da publicidade


Investimentos imobiliários


Também colaboraram na operação as polícias de França e Rússia, já que, segundo os detetives, as mulheres exerciam a prostituição na Espanha e depois eram enviadas para outros locais da Europa.


A polícia informou que a quadrilha era comandada por três espanhóis: um casal e um gerente de banco, responsável pelo assessoramento financeiro para lavagem de dinheiro.

Com o esquema, os acusados teriam supostamente lavado ao menos 12 milhões de euros (cerca de R$ 36 milhões) entre 2007 e 2008 através de empresas falsas.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade