Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Em todo o país

Recadastramento de armas começa na próxima sexta-feira

Heloísa Prado - Bonde
27 nov 2006 às 18:49
Expectativa da PF é que o número de armas cadastradas cheguem a mais de 10 milhões com a nova campanha - Arquivo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governo federal inicia na próxima sexta-feira (1) campanha nacional de recadastramento de armas de fogo. Segundo a Polícia Federal, existem no país 4,38 milhões de armas que têm registro federal. A expectativa é que esse número chegue a mais de 10 milhões com a nova campanha.

O cadastro é obrigatório. Quem for pego portando arma de fogo sem registro poderá ser punido por crime inafiançável, com pena de reclusão de dois a quatro anos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O delegado da Polícia Federal Fernando Segóvia, chefe do Serviço Nacional de Armas, disse que o recadastramento é necessário porque muitas pessoas têm somente o registro estadual. "Todo cidadão que comprou a arma legalmente, e que possui registro junto à Polícia Civil, deve a partir de agora, se registrar na Polícia Federal".

Leia mais:

Imagem de destaque
Cantora francesa

Françoise Hardy pediu a Macron em carta a legalização da eutanásia

Imagem de destaque

Acordo evita que torcedores condenados por racismo contra de Vinicius Jr. sejam presos

Imagem de destaque
Em julho

Google vai testar 1° no Brasil bloqueio automático de tela de celular

Imagem de destaque
De Guarulhos

Gol anuncia voos diretos para a Costa Rica a partir de novembro


De acordo com o Estatuto do Desarmamento, em vigor desde 23 de dezembro de 2003, somente poderão andar armados integrantes das Forças Armadas, policiais, agentes de inteligência e agentes de segurança privada, além de civis com porte concedido pela Polícia Federal.


O delegado Segóvia ressaltou que as pessoas que não têm registro federal ou estadual podem entregar a arma. "Sugerimos à pessoa que tem arma ilegal o comparecimento a uma unidade da Polícia Federal, onde essa arma deve ser entregue para destruição", disse ele.

A campanha do recadastramento vai até o dia 2 de julho de 2007. Para se cadastrar, o cidadão deve acessar na internet o endereço www.dpf.gov.br, preencher o formulário e efetuar o pagamento da guia de recolhimento no valor de R$ 300 por arma. Depois basta entregar a documentação necessária na Superintendência da Polícia Federal mais próxima.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade