Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Último adeus

Velório de Jackson pode ser anunciado ainda hoje

Agência Estado
28 jun 2009 às 15:15
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os fãs do cantor Michael Jackson, morto após sofrer um ataque cardíaco na última quinta-feira em Los Angeles, vivem grande expectativa na cidade. Fontes ligadas à família do cantor informaram que nas próximas horas serão divulgadas as circunstâncias da cerimônia preparatória para o funeral e também o local onde o corpo do músico deverá ser sepultado. No momento, o corpo do artista está em uma funerária local, cujo nome é mantido sob sigilo.

Há dúvidas sobre o local do sepultamento, que deverá ser grande e permitir controle policial, pelo excitação de curiosos e o nível da comoção dos fãs, que têm se espalhado por diversos pontos de Los Angeles e em Encino, onde vivem os Jackson. Também há incertezas sobre a natureza da cerimônia, uma vez que Jackson se converteu ao islamismo no ano passado. A família poderá optar por um ato ecumênico.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade



A família do cantor contratou médicos legistas para proceder a uma segunda autópsia no corpo do cantor, possivelmente para esclarecer sobre a suspeita de que o músico tenha morrido de uma overdose de medicamentos potencialmente perigosos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Cristãos

Ritos e doutrinas: saiba a diferença entre católicos e ortodoxos

Imagem de destaque
Crise com Israel

Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem oficialmente Estado da Palestina

Imagem de destaque
Crise de úlcera

A dois meses de 'superluta', Mike Tyson passa mal em voo para Los Angeles

Imagem de destaque
Reunião fechada

Papa diz que seminários estão 'cheios de viadagem', afirma imprensa italiana


Ouvido pela polícia de Los Angeles durante três horas na tarde de sábado, o médico Conrad Murray explicou sua ação durante o ataque cardíaco de Michael Jackson. Murray estava com o cantor na hora da morte e disse à polícia que procedeu apenas aos primeiros socorros. Ele não está mais sendo considerado suspeito de ter provocado deliberadamente a morte de Jackson, conforme especulava parte da imprensa. Para a polícia, até o momento, ele é somente uma testemunha.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade