23/06/21
PUBLICIDADE
Danos morais

Prefeitura é condenada por eutanásia indevida de animal

A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão do Judiciário de Mogi das Cruzes que condena a prefeitura a pagar indenização por danos morais a uma mulher que teve seu cachorro sacrificado por engano pelo Centro de Zoonoses. O valor foi fixado em 15 salários mínimos.


O cão foi apreendido e a dona se dirigiu ao Centro, identificou o bicho de estimação e pagou a taxa administrativa para sua retirada. No entanto, a falta de cuidados do departamento teria provocado a mistura dos animais e o cão foi sacrificado equivocadamente.



"É incontroverso que a eutanásia, medida última a ser utilizada tão somente quando não houver outra alternativa, deve ser feita com os necessários cuidados e respeito à vida", ressaltou em seu voto o relator do recurso, desembargador Castilho Barbosa. Também participaram do julgamento, que teve votação unânime, os desembargadores Renato Nalini e Franklin Nogueira.
Redação Bonde com TJ/SP
PUBLICIDADE
Continue lendo
10ª SDP retorna à tarde

Opondo-se à PEC 32, policiais civis de Londrina paralisam atividades na manhã desta quarta-feira

23 JUN 2021 às 11h32
Tchau, chuva!

Com migração de frente fria para o sudeste, estabilidade e sol retornam em Londrina nesta quarta

23 JUN 2021 às 10h00
Valor adicional

Se Aneel aprovar, conta de luz poderá ter aumento de até 20% em julho

23 JUN 2021 às 09h46
Veja os contemplados

Receita abre consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2021

23 JUN 2021 às 09h40
Nesta madrugada

Dois homens são flagrados em imóvel no centro de Londrina e detidos com 16,90 kg de fios elétricos

23 JUN 2021 às 09h12
Fiscalização

Londrina: 11 motocicletas e 11 carros são recolhidos e prisão é efetuada em blitz nesta terça-feira

23 JUN 2021 às 09h00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados