Pesquisar

Canais

Serviços

- Mileny Melo/PMM
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
TRAGÉDIA

Maringá enfrenta pior evento climático de sua história

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
25 abr 2022 às 09:24
Continua depois da publicidade

O temporal que atingiu Maringá na madrugada de sábado (23) já é considerado um dos piores eventos climáticos na região Noroeste, com rajadas de vento que chegaram a 91,8 km/h, de acordo com o Simepar. E é o mais severo da história da Copel (Companhia Paranaense de Energia) no município, onde até a noite de domingo (24) já foram contabilizados 72 postes quebrados.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Mais de 500 servidores e voluntários seguiram trabalhando durante todo o domingo em mutirão com da prefeitura. Com isso, mais de 200 árvores foram retiradas de ruas e casas. Além disso, várias vias foram liberadas para o fluxo de trânsito, de forma parcial ou total, sendo 17 avenidas.

Continua depois da publicidade


Nesta segunda-feira (25), começou às 7h um mutirão para dar continuidade ao trabalho de limpeza. Empresas e empreiteiras que tenham caminhões podem contribuir na força-tarefa.  


As equipes vão atender com prioridade vias com grande fluxo de veículos e árvores que caíram sobre casas e muros. Em seguida, as ruas dos bairros.


As equipes da Copel também seguem em campo com reforços,a fim de restabelecer o fornecimento de energia aos consumidores que tiveram o serviço interrompido após o temporal do fim de semana. No auge das chuvas, 473 mil domicílios chegaram a ficar sem energia, em diversas regiões do Paraná. No domingo, o dia iniciou com 64 mil imóveis sem luz em todo o Estado, número que está em 33 mil, de acordo com a última atualização feita às 18h30 de domingo.

Continua depois da publicidade


Confira quais avenidas principais da cidade já foram liberadas, de forma parcial ou total


Avenida Alexandre Rasgulaeff

Avenida Brasil

Avenida Centenário

Avenida Colombo

Avenida Gastão Vidigal

Avenida Guaiapó

Avenida Herval

Avenida Mandacaru

Avenida Nildo Ribeiro

Avenida Pedro Taques

Avenida Rio Branco

Avenida São Paulo

Avenida Sophia Rasgulaeff

Avenida Teixeira Mendes

Avenida Tiradentes

Avenida Tuiuti

Avenida XV de novembro

Avenida 19 de dezembro


Confira quais ruas e avenidas serão liberadas nesta segunda-feira


Entre os trabalhos previstos para esta segunda-feira (25), estão a troca de 10 postes danificados, de uma vez, em um só trecho na av. Morangueira com a rua Antônio Bernardes, no jardim Alvorada III. Outra situação de grande complexidade foi a quebra de cinco estruturas na avenida 19 de Dezembro, na Zona 6.


Equipes de outras localidades estarão no município para auxiliar nas manutenções em centenas de pontos onde há muitas árvores caídas, além de galhos sobre a fiação e cabos rompidos.


Outros municípios 


Em toda a região Noroeste, ao menos 166 postes quebraram com os ventos fortes e a queda de árvores sobre as redes elétricas. Ao longo da tarde deste domingo, foi possível normalizar o fornecimento ao município de Mirador, que chegou a ter o serviço completamente interrompido devido à quebra de postes pelo temporal.


O evento climático trouxe danos severos para as redes de energia em toda a região. Há ocorrências ainda para atendimento em cidades como Floraí, Jardim Olinda, Esperança Nova e Doutor Camargo. Em Paranavaí, são 685 domicílios sem luz, e 270 em Cianorte.


Na região Oeste, o número de clientes sem energia reduziu para 4,1 mil, e as equipes continuam na região, concentrando esforços no município de Maripá, gravemente atingido por uma chuva de granizo.


As regiões Noroeste e Oeste do Estado já estão com reforço de equipes de outras localidades desde o sábado e receberão um contingente ainda maior nesta segunda-feira.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade