Pesquisar

Canais

Serviços

Investigada pelo Nucria

Mulher acusada de agredir filho e filmá-lo é presa após autorização da Justiça

Redação Bonde
29 dez 2015 às 15:24
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Thays Caroline Chaves, 21 anos, foi presa na madrugada desta terça-feira (29), acusada de torturar o filho de três anos de idade. A prisão foi determinada pela Justiça com base no pedido do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).

Continua depois da publicidade

Thays é acusada de agredir o filho e filmá-lo. Imagens das agressões foram compartilhadas nas redes sociais. De acordo com o Nucria, a mãe filmava as ações e enviava para o pai da criança, ex-marido dela, como forma de chantagem para que o relacionamento fosse retomado.


O advogado de Thays, por sua vez, alega que as imagens fazem parte de uma montagem para prejudicá-la a respeito da guarda da criança. A delegado da Nucria, Luci Santiago, entretanto, afirma que as imagens são verídicas.


Thays está presa no Complexo Penal Médico, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. Ela ficará isolada para que sua integridade física seja preservada.

Nas imagens divulgadas na rede, o menino aparece sendo asfixiado diversas vezes. O pai da criança, Paulo Braz Machado, 23 anos, já havia registrado boletins de ocorrência contra mãe, denunciando as agressões. (Com informações da Banda B).


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade