Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Prefeitura Municipal de Apucarana
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Veja o vídeo

Polícia e Guarda Municipal investigam atropelamento de capivaras em Apucarana

07 out 2021 às 18:20
Continua depois da publicidade

A Guarda Civil Municipal, a Polícia Civil e a Polícia Militar investigam um atropelamento de capivaras no Parque Municipal do Jabuti, na área urbana de Apucarana, na noite de terça-feira (5). Um veículo que passava lentamente, justamente para filmar a colônia de roedores, flagrou o momento em que outro carro veio na pista contrária, onde os animais estavam, e não baixou a velocidade.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O vídeo, feito de dentro do carro de um servidor municipal, foi publicado na internet e, segundo o autor da postagem, feita na manhã seguinte (quarta, dia 6), uma das capivaras morreu. Outras duas ficaram feridas, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Arapongas. 

Continua depois da publicidade


O local em que o carro passou acelerando, em frente ao letreiro “Eu Amo Apucarana”, contra os animais tem velocidade máxima permitida de 40 km/h e uma faixa elevada, que não foi respeitada. Em sua publicação, o servidor faz um relato e diz que, infelizmente, não conseguiu anotara placa do outro veículo.


Entretanto, segundo a prefeitura, há uma câmera no local e havia sido possível identificar o tipo de veículo, uma SUV da Hyunday.

Continua depois da publicidade


“É inadmissível o que ocorreu e que também foi filmado por um servidor da prefeitura, que chegou a gritar com o motorista”, comentou o prefeito Junior da Femac, lembrando que os animais são dóceis e tem no Jaboti o seu habitat.


O comandante da Guarda Civil Municipal, Alessandro Carletti, afirmou que, mesmo trabalhando em cooperação com a Polícia Civil e a Polícia Militar, não foi possível, ainda, chegar ao autor do atropelamento.


Ele lembrou, ainda, que matar ou ferir animais nativos é crime ambiental no Brasil.


Continue lendo