Pesquisar

Canais

Serviços

Freepik
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Cuidados nas compras

Procon orienta consumidores para as compras no Dia das Mães

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
07 mai 2021 às 11:40
Continua depois da publicidade

O Procon de Cambé (Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor) orienta à população quanto às compras do Dia das Mães, comemorado neste domingo (09). Segundo o coordenador do Procon de Cambé, Willian Train, o Dia das Mães é a segunda data que mais movimenta o comércio, perdendo apenas para o Natal. Segundo informações do Procon, em 2020 foram feitas 748 reclamações no órgão do município, em 2021, até o momento, já foram contabilizadas 334, um número baixo devido à pandemia da Covid-19.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Segundo o coordenador, Cambé tem um número baixo de reclamações se comparado à população do município. "Isso acontece principalmente porque o comércio da cidade tem um bom resultado em resolver os problemas que acontecem entre o estabelecimento e o consumidor. Mas o que mais recebemos são problemas durante a troca de produtos, por conta do tamanho ou da cor”, pontua. Train ainda ressalta que as reclamações mais comuns na cidade são a respeito dos fabricantes do produto ou de compras feitas pela internet: "principalmente pelo descumprimento do prazo de entrega ou quando há o cancelamento unilateral da compra”.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Quanto aos direitos dos consumidores, Train explica que não há obrigatoriedade legal quanto à troca de produtos em compras realizadas nos estabelecimentos, a não ser por defeitos. "O que nós recomendamos é que, no ato da compra, o consumidor negocie com o vendedor um prazo de troca que seja razoável para ambos”, ressalta. Já nas compras feitas pela internet, por telefone ou a domicílio, o coordenador pontua que o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor garante o direito de troca do produto dentro de um prazo de sete dias – após o recebimento da mercadoria. "Se você receber um produto com defeito ou diferente do que adquiriu, você pode solicitar a devolução do produto e a restituição do valor pago por ele”, finaliza.

A população pode denunciar qualquer prática abusiva no comércio pelos telefones 151 e 3174-0151.


Continue lendo