Pesquisar

Canais

Serviços

Cerca de 400 mil clientes já têm o cadastro via internet - Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
On-line

Sanepar estimula e amplia o atendimento virtual

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A Sanepar está estimulando o uso da Internet para solicitação de serviços da empresa. A utilização do endereço eletrônico possibilita um atendimento mais rápido. O site da Companhia de Saneamento do Paraná (www.sanepar.com.br) vem agilizando serviços para o cliente, como emissão da segunda via da conta, alteração cadastral, a certidão negativa de débito, mudança da endereço para entrega de conta e de data de vencimento. O cliente também pode fazer consultas de pagamentos já efetuados e de débitos pendentes.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Conforme o gerente Comercial e Marketing da Sanepar, Luiz Carlos da Silva, em média, são atendidos nos escritórios 240 mil pessoas, desse número, grande parte busca apenas informações. Silva registra ainda que cerca de 400 mil clientes têm o cadastro via internet. Já no atendimento telefônico da empresa – número 115 – cerca de 180 mil pessoas ligam todo mês somente para pedir informações e ou solicitar serviços.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O acesso ao atendimento virtual é seguro. Para se cadastrar, o interessado deve escrever nos campos obrigatórios o número da matrícula, que está na conta de água, e escolher uma senha pessoal e intransferível. O site oferece também um guia do usuário contendo explicações sobre o que é ligação de água, de esgoto, como se faz uma limpeza de caixa d’água, e dá dicas de economia.


Ouvidoria

Dúvidas e reclamações também podem ser feitas por meio da Internet. No site da Sanepar os internautas têm acesso ao Fale Conosco e à Ouvidoria, onde podem registrar seus questionamentos sobre as áreas de atuação da Companhia, como sistemas de abastecimento de água, cobertura com esgoto, resíduos sólidos, programas de tarifa social e proteção dos mananciais.


Continue lendo