19/09/20
°/°
'Verão Maior'

Sanepar já começou o trabalho de limpeza da areia das praias

O serviço de limpeza das praias já começou a ser feito pela Sanepar. A atividade integra a programação do projeto Verão Maior, criado pelo Governo do Estado para garantir mais conforto e segurança aos veranistas que frequentam o Litoral paranaense.



Diariamente equipes da Sanepar fazem a coleta manual dos resíduos das praias, num trecho de 48 quilômetros de areia. O material recolhido é transportado pelas prefeituras para local adequado. Além do serviço de limpeza, a estatal também promove atividades de educação socioambiental.

No sábado (21), o diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Gonchorosky, participou da abertura oficial do Verão Maior juntamente com o vice-governador Darci Piana, secretários de Estado e prefeitos do Litoral. Ele destacou os investimentos na companhia na região.

"O serviço de coleta e tratamento de esgoto no Litoral faz com o que o Paraná tenha as praias mais limpas do Brasil, com maior balneabilidade. Cumprimos, assim, nossa função principal que é levar qualidade de vida e saúde à população”, disse.

A Sanepar contratou 120 pessoas para o trabalho de limpeza das praias durante o Verão Maior, que termina em 01 de março. O diretor de Meio Ambiente conversou com o pessoal contratado, destacando que a tarefa de cada um é importante para garantir as praias mais limpas. Gonchorosky também reforçou a necessidade do uso racional da água pelo veranistas e do correto descarte do lixo.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO - A Sanepar aplicou mais de R$ 44 milhões na melhoria e ampliação do sistema de esgotamento sanitário, que aumenta em mais de 80% o atendimento com coleta e tratamento de esgoto no Litoral.

Foram concluídas as obras de ampliação das estações de tratamento de esgoto de Matinhos e de Ipanema, e da estação elevatória de Guaratuba. Além disso, a Sanepar vistoriou 4.120 imóveis que passaram a ter rede coletora para verificar caixa de gordura e se a ligação está correta.

ABASTECIMENTO - Para o abastecimento de água, a Sanepar implantou dois novos reservatórios em Pontal do Paraná (Balneário Atami e Canoas), fez a recuperação estrutural dos reservatórios de Guaratuba e da Praia Grande, e também da estação de tratamento de água de Matinhos. Em Guaratuba, foram implantados 4 quilômetros de rede de distribuição para reforçar o sistema.

ENERGIA - Para a temporada, a Sanepar instalou geradores de energia nos principais sistemas de abastecimento que asseguram a continuidade do fornecimento de água mesmo em caso de falta de energia elétrica.

No Litoral, a Central de Relacionamento fará atendimento ao cliente de forma presencial nos dias 24 e 31, das 9h às 13h. Dias 25 e 1.o estará fechado.

A Sanepar orienta os proprietários de imóveis na praia para que confiram alguns itens importantes:

Deixe sua conta de água em dia – Se houver débitos pendentes com a Sanepar, pague e peça a religação da água.

Limpe a caixa d’água – Como as casas do litoral costumam ficar fechadas por algum tempo, a água da caixa pode perder sua potabilidade. Por isso, faça a limpeza da caixa d’água do seu imóvel. Entre no site da Sanepar, procure o quadro Informações Gerais, à direita no canto inferior da página, clique no link "limpeza de caixa d’água” e siga as instruções.

Ligue o esgoto à rede coletora – A correta ligação do esgoto da sua casa com a rede coletora da Sanepar é fundamental para evitar vazamentos, infiltrações, mau cheiro, além de danos ao meio ambiente. Para isso, contrate um profissional qualificado, que deverá indicar o local onde a Sanepar irá instalar o ponto para que a ligação seja feita.

Trate a água da piscina – Donos de móveis que têm piscina, mesmo que seja de plástico, precisam cuidar para que ela esteja em boas condições de uso. Inclusive para evitar a proliferação de bactérias. Após encher a piscina, use cloro ou água sanitária para tratar a água na seguinte proporção: Cloro - 1 colher de sopa (15 ml) para cada 1.000 litros de água; Água sanitária - 60 ml para cada 1.000 litros de água.

DengueE - Elimine os focos do Aedes aegypti – Dengue mata. Por isso, elimine os criadouros do mosquito Aedes Aegipty, que transmite a dengue, a chikungunya e a zika. Não deixe água parada em lugar nenhum da sua casa, nem limpa nem suja.
AEN-PR
Continue lendo
Não andou na linha
Homem é preso por furtar trilhos de trem em Londrina
19 SET 2020 às 16h30
Em Jataizinho
Justiça determina que IML libere corpo de criança morta em incêndio
19 SET 2020 às 15h58
Passos a galgar
Acesso das mulheres à política ainda é limitado
19 SET 2020 às 14h32
No Paraná
Geração de empregos é ponto para retomar economia
19 SET 2020 às 14h21
Será transferido de Rolândia
Jogador que matou ex-dirigente de clube alega risco de morte
19 SET 2020 às 11h55
Em Londrina
Justiça autoriza funcionamento de bares com alvarás diferentes
19 SET 2020 às 10h51
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados