Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/PM
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Crimes na madrugada

Londrina tem dois homicídios na madrugada da Sexta-Feira Santa

Redação Bonde
15 abr 2022 às 17:02
Continua depois da publicidade

A Polícia Militar em Londrina registrou dois homicídios nesta Sexta-Feira Santa (15), início de fim de semana prolongado.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Por volta das 3h, a PM foi chamada para checar um possível homicídio na Rua Rosa Boline Dorin, no bairro Perobinha. No local, encontraram um homem caído no chão, que foi identificado pelo pai da vítima como Hugo Fernando José Soares. O familiar admitiu que o rapaz, de 24 anos, era problemático e gostava de se envolver em brigas.

Continua depois da publicidade


Uma testemunha disse aos policiais que Soares estava em uma festa em uma chácara, alterada e provocando confusão. Mais tarde, ela ouviu disparos de arma de fogo. Um vídeo obtido pelos oficiais mostra uma tocaia, no qual um homem simula estar urinando, quando a vítima se aproxima por trás, ao lado de outro homem. De repente, o primeiro suspeito se vira e dispara. Ele e outros envolvidos - a PM suspeita d ecinco pessoas - fogem em um Vectra preto.


O médico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atestou a morte ainda no local. O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal).



Na madrugada desta sexta, um homem de 81 anos foi assassinado com golpes de faca pelo enteado do filho da vítima na Rua Nelson Kemmer, na Vila Novo Horizonte. Segundo a PM, o autor do crime teria confessado o ocorrido. Pelo boletim de ocorrência registrado, o autor do crime seria usuário de drogas e teria ido á casa do senhor de 81 anos porque teria ouvido “de alguém” que havia dinheiro na casa.

Continua depois da publicidade


Na residência, havia indícios de luta corporal, porque havia vários objetos caídos no chão e a vítima tinha cortes de faca nas mãos, indicando que teria tentado se defender. Após o assassinato, o autor teria fugido da casa com o Scénic da vítima, mas bateu o veículo na saída do bairro São Jorge. O carro foi abandonado e o assassino confesso foi até a casa do padrasto e revelou o ocorrido. Em seguida, voltou pa casa da vítima e admitiu a autoria para os policiais.


Embora o crime tenha ocorrido na madrugada, a PM só foi chamada pela manhã. O carro foi encontrado incendiado, com objetos furtados da casa da vítima, mas o autor nega que tenha ateado fogo no veículo.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade