Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/ Instagram
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Levantamento do MP

Mortes em supostos confrontos com forças policiais sobem no Paraná

Rafael Machado - Grupo Folha
27 abr 2022 às 19:04
Continua depois da publicidade

O Ministério Público divulgou nesta quarta-feira (27) o tradicional estudo de mortes em confrontos com policiais militares, civis e guardas municipais no Paraná, em 2021. Em comparação ao ano anterior, 2020, o crescimento foi de quase 10%. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


No total, 2021 somou 417 mortes em todo o Estado, com Curitiba na liderança (105), seguida de Londrina (32) e São José dos Pinhais (26). Considerando apenas os confrontos com policiais militares, os dados apontam que 62,16% dos óbitos foram de pessoas de até 29 anos.

Continua depois da publicidade

 

O balanço, no entanto, não informa se as pessoas mortas possuíam ou não antecedentes criminais. "Essa estatística faz parte de um programa nacional do Ministério Público e tem o objetivo de apresentar sugestões para reduzir esses índices", ressaltou o coordenador do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), Leonir Batisti. 


Londrina

Continua depois da publicidade


Pela divisão das cidades, o MP registrou 32 mortes em confrontos em Londrina. É o dobro do constatado em 2020, quando 16 pessoas perderam a vida no enfrentamento contra as forças de segurança. 


Nesta quarta-feira (27), foi entregue ao governador Ratinhor Jr. (PSD) uma carta assinada por diversas instituições, entre elas o Ministério Público, com indicações para diminuição da violência policial no Paraná.


A reportagem não conseguiu retorno com as assessorias de imprensa da Polícia Militar e Civil. 

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade