14/07/20
24º/16ºLONDRINA
No Facebook

Polícia prende suspeitos de anunciar videogame furtado

A Polícia Civil de Arapongas prendeu nesta quarta-feira (14) dois rapazes de 29 e 24 anos, ambos comerciantes, que teriam anunciado um videogame Xbox One furtado no Facebook. A vítima viu a postagem e comunicou os investigadores. No dia 31 de julho, ela registrou um boletim de ocorrência dizendo que saiu de casa pela manhã e no final da tarde encontrou a janela arrombada.

Reprodução/Polícia Civil
Reprodução/<a href='/tags/policia-civil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Polícia Civil</a>


Um policial se disfarçou como comprador e agendou um encontro com o anunciante no endereço da mensagem, na Vila Vicentini. Chegando lá, pediu que o aparelho fosse testado e comparou o número de série com a nota fiscal fornecida pela pessoa lesada. Com a confirmação de que era o mesmo equipamento, o agente acabou prendendo o dono da residência.

De acordo com a Polícia Civil, foram encontrados na casa duas porções de maconha, uma balança de precisão e um celular preto. Questionado onde tinha adquirido o videogame, o rapaz informou que havia comprado do segundo suspeito. A polícia foi até a casa dele e o prendeu também.

"Fiz um pedido de liberdade à Justiça, que ainda será analisado. Ele trabalha vendendo produtos de São Paulo. Um dos seus clientes tinha uma dívida de R$ 1,2 mil e trocou pelo videogame, perguntando inclusive se havia nota fiscal. A pessoa disse que sim, mas iria entregar o documento depois. Ele não poderia imaginar que era furtado porque veio dentro da caixa e até com o manual de instrução. Durante o interrogatório, foi passado ao delegado todas as informações que podem gerar um desdobramento da investigação", disse o advogado de um dos detidos, Lucas de Melo Veloi.

Já o advogado Félix Cavina Silvério, que defende o outro suspeito, discordou do entendimento da polícia. "A droga supostamente encontrada no imóvel do meu cliente não é dele. Outras pessoas estavam lá. Pode ter acontecido que alguém, assim que a polícia, ter se assustado e jogando os objetos dentro do quarto onde tudo foi apreendido. Ele tinha comprado o videogame há três dias, mas não sabia que era algo ilícito porque também veio na caixa", informou.

O jovem defendido por Silvério foi autuado por receptação e tráfico. Ele disse que vai pedir o relaxamento da prisão na audiência de custódia desta sexta-feira (16). Já o outro rapaz teve a fiança de um salário mínimo, que corresponde a R$ 998, arbitrada pelo delegado-chefe da 22ª Subdivisão Policial de Arapongas, Maurício de Oliveira Camargo. Como o valor não foi pago, ele continua preso na cadeia da cidade. Os dois não possuíam antecedentes criminais.
Rafael Machado - Grupo Folha
Continue lendo
Londrina
Comércio reabre nesta quarta após encerramento da 'quarentena de Ratinho'
14 JUL 2020 às 20h05
Paraná
Governo não renova decreto que determinou quarentena em Londrina e sete regiões
14 JUL 2020 às 18h42
Tecnologia
Caiu aí? WhatsApp enfrenta instabilidade e afeta usuários nesta terça
14 JUL 2020 às 17h27
Sustentabilidade
Primeiro Ecoponto em funcionamento estimula destinação correta de lixo em Maringá
14 JUL 2020 às 17h11
Medidas temporárias
Confira pagamentos e tributos adiados ou suspensos durante pandemia
14 JUL 2020 às 16h06
Relembre o caso
Promotoria denuncia ex-patroa da mãe de Miguel por abandono de incapaz
14 JUL 2020 às 15h33
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados