Pesquisar

Canais

Serviços

Para o senador Álvaro Dias, a decisão do povo tem que ser respeitada; ele admite erros políticos no segundo turno, mas não nas eleições de domingo - Agência Senado
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Sucessão

Álvaro Dias garante apoio a Barbosa Neto

Loriane Comeli - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

"Acabadas as eleições, o que importa é a cidade. Estou em Brasília e vou ajudar o Barbosa Neto no que for preciso", declarou esta manhã o senador Álvaro Dias (PSDB) sobre a derrota de Luiz Carlos Hauly para o pedetista no último domingo (29).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O senador, que sempre consegue votações expressivas em Londrina, frisou várias vezes durante entrevista à Rádio Brasil Sul que o eleitor não errou ao escolher Barbosa em detrimento de Hauly. "Talvez nós não tenhamos sabido convencer o eleitorado", afirmou.

Continua depois da publicidade


Dias atribuiu a derrota do tucano neste 'terceiro turno' às circunstâncias, embora tenha admitido "erros de estratégia" no segundo turno, contra Antonio Belinati (PP). "Naquela ocasião deixamos de rebater algumas acusações que foram imputadas a Hauly pelo adversário no final da campanha", afirmou p senador. "Mas neste 'terceiro turno' o Hauly foi vítima das circunstâncias", defendeu.


Uma das circunstâncias, apontou Álvaro Dias, foi o número recorde de abstenções e votos brancos e nulos. "Os eleitores estavam revoltados com essa trapalhada, com essa lambança da Justiça Eleitoral", disse, referindo-se à impugnação da candidatura de Belinati após ele ter vencido Hauly nas urnas. "Agora cabe a nós respeitarmos o resultado das urnas e a decisão soberana dos eleitores", concluiu.


Sofrimento

Continua depois da publicidade

Questionado sobre o estado de Luiz Carlos Hauly em razão da derrota, o senador disse tê-lo sentido muito triste ao conversar com o deputado. "Ele está muito triste, sofreu muito nesse itinerário tortuoso", relatou. "Toda sua família sofreu e, neste 'terceiro turno', fez ainda mais despesas de campanha que nem sempre são ressarcidas".


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade