Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Reconstituição do acidente

Carli Filho poderia ter evitado acidente, diz perícia

Rosiane Correia de Freitas - Folha de Londrina
24 jun 2009 às 09:58
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho, tinha visão do Honda Fit de Gilmar Rafael Yared, 26 anos, a 65 metros do local da colisão. A conclusão é dos peritos do Instituto de Criminalística (IC) após a realização da reconstituição do acidente realizada na madrugada da última segunda-feira. Também foi determinado que o Volkswagen Passat do ex-parlamentar saiu do solo por pelo menos 10 metros antes da colisão.

Ao fim da reconstituição - que durou quase 3 horas -, o delegado Armando Braga confirmou que há indícios no inquérito que apontam para uma denúncia de homicídio com dolo eventual contra Carli Filho. ''Dada a dinâmica da colisão pode-se dizer que houve dolo, ou seja, o deputado assumiu o risco dessa conduta de embriaguez e excesso de velocidade'', declarou.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Caso o Ministério Público confirme a denúncia do ex-deputado por homicídio duplo com dolo eventual Carli Filho poderá ser julgado no Tribunal de Júri. ''Ainda é cedo para fazer uma avaliação. Vamos aguardar a conclusão do inquérito para nos pronunciar'', informou a promotora Danuza Nadal, promotora da 2 Vara de Delitos de Trânsito.

Leia mais:

Imagem de destaque
Apuração de denúncia

Mara Boca Aberta será ouvida pela Comissão Processante nesta segunda-feira

Imagem de destaque
Eleições municipais

Nova regra do Tribunal Superior Eleitoral pode ampliar formas de campanha

Imagem de destaque
Pré-candidato

Tiago Amaral comenta sobre ‘desenvolvimento humano e econômico’ para Londrina

Imagem de destaque
Ex-procurador

Deltan Dallagnol diz que não está inelegível e articula se lançar a prefeito de Curitiba


Segundo o perito Marco Aurélio Pimpão, chefe da Divisão Técnica do Interior, cálculos realizados pelos técnicos do IC apontam que nas condições da via, o veículo de Carli Filho teria que estar a pelo menos 120 km/h para ''decolar'' - duas vezes o limite determinado para a via, que é de 60 km/h - a 50 centímetros do solo, distância que os peritos estipulam que o carro estava do chão. ''A inclinação da rua nesse ponto é de 6 graus, o que faria com que o veículo deixasse o solo a partir dessa velocidade'', explicou.

Publicidade


O IC no entanto ainda não divulgou nenhuma estimativa da velocidade que o Passat desempenhava no momento da colisão. A expectativa é que os peritos incluam essa informação no laudo do local do fato. ''A velocidade deve ser apontada a partir das informações colhidas no sistema de air bag do Passat'', adiantou Pimpão.


A perícia divulgada pela equipe de peritos contratada pela família Yared apontou o carro do ex-deputado estaria a pelo menos 191 km/h no momento da colisão. ''Essa é uma velocidade de referência que temos certeza que será confirmada por outros cálculos que serão apresentados'', explicou o perito, Walter Kaffmann.

Publicidade


Pai teria pedido para Carli Filho renunciar


O prefeito de Guarapuava, Fernando Ribas Carli, pai do ex-deputado Fernando Ribas Carli Filho, concedeu nesta terça-feira (22) entrevista à imprensa sobre o acidente que matou dois jovens no último dia 7 de maio. ''Nós decidimos pela renúncia do mandato de deputado para que ele responda criminalmente como cidadão comum'', afirmou.


Durante a entrevista, o prefeito declarou que teria informado o filho da morte de duas pessoas em consequência do acidente. ''Quando ele foi para a Unidade de Terapia Semi-Intensiva conversei com ele e contei o que tinha acontecido'', contou. Ribas Carli diz que a família não está preocupada com o futuro político do ex-deputado. ''Nos preocupamos apenas com sua recuperação'', disse.

Ribas Carli reassumiu a prefeitura da cidade na última quarta-feira, dia 17, depois de ficar 32 dias afastado do cargo. O prefeito esteve em São Paulo acompanhando o tratamento do filho no Hospital Albert Einstein. Carli Filho passou por cirurgias para reconstrução da face e do crânio. Na semana passada, ele, Carli Filho e outros familiares voltaram para Guarapuava onde o ex-deputado deverá continuar nos próximos dias.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade