Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Governo Federal

Cerca de R$ 9 bi serão investidos em plano para pessoa com deficiência

- Rafa Neddermeyer/Agência Brasil
Redação Bonde
08 nov 2023 às 19:27
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governo federal vai investir cerca de 9 bilhões no Plano Viver Sem Limite II, voltado para a promoção dos direitos de pessoas com deficiência. O pacote será lançado no próximo dia 16, mas a cifra foi antecipada pelo ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida, em entrevista a emissoras de rádio durante o programa Bom dia, ministro, do Canal Gov.


''São mais de 100 ações indicadas e 22 estruturantes. Participam 30 ministérios. Embora seja uma ação coordenada e organizada pelo Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, é uma ação do governo federal'', disse. ''É um plano que resgata a energia e a força do primeiro Plano Viver Sem Limite, que foi um marco no direito das pessoas com deficiência no Brasil''.

Publicidade
Publicidade


De acordo com o ministro, o plano contará com quatro eixos: gestão e participação social; enfrentamento ao capacitismo e à violência; acessibilidade e tecnologia assistiva; e promoção do direito à educação, à assistência social, á saúde e aos direitos econômicos, sociais, culturais e ambientais. ''Será detalhado no próximo dia 16''.

Leia mais:

Imagem de destaque
Eleições 2024

Justiça Eleitoral está preparada para combater fake news, afirma juíza de Londrina

Imagem de destaque
"Não precisamos de recursos"

Bolsonaro dispensa vaquinha para ato e desautoriza pedir dinheiro em seu nome

Imagem de destaque
Mortes suspeitas

Relembre mortes misteriosas na Rússia desde início da Guerra da Ucrânia

Imagem de destaque
Acusação de nepotismo

Denúncia contra Mara Boca Aberta vai seguir para o plenário da Câmara de Londrina


Ainda segundo Almeida, a elaboração do Plano Viver Sem Limite II contou com a participação da sociedade civil, por meio do Conselho Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência. ''Em resumo, novembro guarda grandes surpresas, emoções'', avaliou.

Publicidade

''Trata-se de uma entrega importante para o Brasil''.


''É um trabalho que envolveu muita gente, de dentro e de fora do ministério. É uma entrega grandiosa para o Brasil. Acho que uma das maiores coisas que o Ministério dos Direitos Humanos fez até então''.


(Com informações da Repórter Paula Laboissière da Agência Brasil)

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade