Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Após cirurgia

Lula recebe alta e deixa Hospital Sírio Libanês

Agência Estado
14 jun 2012 às 16:47
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta à tarde alta do Hospital Sírio Libanês, na capital paulista, onde estava internado desde quarta-feira para a realização de um pequeno procedimento cirúrgico para retirada de um cateter usado no tratamento contra um câncer na laringe e também para exames de monitoramento da doença.

Segundo nota divulgada por sua assessoria de imprensa, o exame de laringoscopia - que não estava planejado - foi realizado a pedido dos médicos devido a uma inflamação no local. A biópsia foi feita e não foram encontrados vestígios da doença.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Todos os compromissos que Lula tinha marcado até o fim desta semana foram cancelados por orientação médica. De acordo com sua assessoria, a recomendação é de que o ex-presidente poupe a voz para não inflamar ainda mais a região da laringe.

Leia mais:

Imagem de destaque
Durante sessão no TJ-PR

MPPR abre procedimento para apurar a possível prática de dano moral coletivo em fala de desembargador

Imagem de destaque
Pré-candidato

Reviravolta: André Trindade volta à presidência do União Brasil com apoio de Moro

Imagem de destaque
Na região central

Câmara de Londrina aprova projeto que viabiliza nova sede da Guarda Municipal

Imagem de destaque
Pesquisa

Avaliação positiva de Lula vai a 36% e a negativa agora é de 30%, aponta Quaest


O ex-presidente iria fazer o discurso de abertura da Arena Socioambiental na Rio +20 neste sábado, a partir das 11 horas. Outro compromisso desmarcado foi a reunião que teria com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), nesta sexta em São Paulo. Os dois discutiriam detalhes da aliança de seus partidos em torno do pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad e a situação política em Recife, onde petistas e socialistas ainda não selaram acordo para essas eleições e o PSB ameaça lançar candidato próprio. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, irá substituir o ex-presidente nesse encontro.

O hospital ainda não emitiu boletim médico sobre o procedimento realizado pelo ex-presidente.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade