Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Radicalismo

Servidores entram em greve para tirar reforma da pauta

Redação - Bonde
07 jul 2003 às 14:41
Continua depois da publicidade

Diretores da Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef), afirmaram que só vão interromper a greve do funcionalismo se a Reforma da Previdência for retirada da pauta do Congresso Nacional.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Os diretores irão se reunir com o ministro da Previdência, Ricardo Berzoini, na tarde desta segunda-feira. A greve está marcada para começar amanhã, dia 08. O secretário geral da Condsef, Gilberto Gomes, afirmou que os servidores irão parar até o início de agosto.

Continua depois da publicidade


A Condsef espera que cerca de 20% dos servidores paralizem as atividades já à partir desta terça-feira. Daqui a 10 dias, quando a greve estará no seu auge, a expectativa é de que 40% dos servidores tenha aderido à paralisação.

Os primeiros a aderir à greve devem ser os professores de universidades federais e os funcionários da Receita Federal, dos serviços de saúde e do Ministério da Fazenda. Professores de 37 universidades já prometeram aderir à greve no primeiro dia - os professores da UFPR, decidiram em assembléia não aderir à paralisação, pelo menos por enquanto.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade