Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Recebimento de propina

Vereadores rejeitam criação de CPI contra prefeito no PR

Redação Bonde
19 jun 2012 às 17:03
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Foi discutido durante a sessão ordinária desta segunda-feira (18) o Requerimento 143/2012, que pedia a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar denúncia anônima de que o prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, e o secretário de Obras, Paulo Gorski, estariam recebendo propina de empresa vencedora de uma licitação. A denúncia veio à tona em março deste ano através de matérias veiculadas em órgãos de imprensa da cidade.

O requerimento havia sido assinado pelos vereadores Julio Cesar Leme da Silva, Paulo Tonin, Otto dos Reis Filho, Leonardo Mion e Rosa da Saúde. O vereador Leonardo Mion não participou da sessão, mas justificou sua ausência através de ofício encaminhado com antecedência à Mesa Diretora e Rosa da Saúde foi substituída por Alcebíades Pereira da Silva por determinação judicial.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Tendo em vista a opinião contrária da maioria, os autores chegaram a solicitar a retirada do requerimento da pauta de votações, o que foi rejeitado. Sendo assim, o documento foi a votação, recebendo 10 votos contrários e três favoráveis.

Leia mais:

Imagem de destaque
Para 25 servidores

Londrina: Projeto de Lei que cria gratificação à Caapsml vai para sanção de Belinati

Imagem de destaque
Inelegível até 2030

Perdeu e não volta mais, diz Lula sobre Bolsonaro na Presidência da República

Imagem de destaque
Entenda!

Códigos de Obras e de Posturas avançam e terão novas audiências públicas em Londrina

Imagem de destaque
Formalidade

STF envia ao Legislativo decisão que descriminalizou porte de maconha

Ao final, os autores informaram que pretendem recorrer à Justiça para que a CPI seja instalada. (com informações da Câmara Municipal de Cascavel)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade