30/05/20
24º/LONDRINA
PUBLICIDADE
Contra o vírus

Cuidados para quem vai usar carros compartilhados durante a pandemia

Estudo feito pelo CarRentals.com mostra que o volante de um carro pode ser quatro vezes mais sujo do que a tampa de um vaso sanitário. Agora, imagine um veículo compartilhado entre várias pessoas desconhecidas! Esse dado deve ganhar ainda mais atenção mediante à rápida proliferação do Covid-19 nas cidades brasileiras.

Pixabay
Pixabay


Segundo a revista científica "New England Journal of Medicine", o vírus responsável pela Covid-19 pode sobreviver até três dias em superfícies como plástico e aço, materiais comuns no acabamento de automóveis. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a orientação primordial é a higienização – e essa regra, claro, também aplica-se aos carros.

O alto risco de transmissão do corona vírus exige um esforço dobrado dos motoristas quanto à mudança de atitude dentro e fora do automóvel. O diretor de produtos para frota e inovação da ValeCard, Alan Ávila, compartilha os principais cuidados para evitar o contágio da doença, especialmente em carros utilizados por mais de uma pessoa. Confira:

1. Higienização constante

Com álcool isopropílico – que não danifica o material plástico –, limpe toda a superfície com a qual os motoristas mais têm contato, como volante, câmbio, freio de mão, seta, retrovisor interno, painel e som. Esse cuidado deve ser feito antes e após o uso do veículo. Não esqueça de manter a lixeira vazia.

2. Priorize a ventilação

O momento não é propício para o uso de ar-condicionado. Dê preferência para deixar as janelas abertas e, assim, manter o interior arejado. Caso o uso do ar-condicionado seja inevitável, é aconselhado fazer limpeza e manutenção do filtro.

3. Atenção com passageiros

Vai levar alguém na carona ou nos bancos traseiros? Deixe a conversa para depois! Quando embarcarem, peça para que os passageiros higienizem as mãos com álcool em gel e, se for caso, deixe máscaras à disposição. O espaço reduzido potencializa a transmissão do vírus.

4. Se pegar em dinheiro ou cartão

Quando você parar para abastecer ou, no caso dos motoristas de aplicativo, um cliente realizar o pagamento em dinheiro, lembre-se de higienizar as mãos e os braços com álcool em gel.

5. Em caso de sintomas

Se você tiver tosse, dor de garganta, febre e dores no corpo, evite utilizar carros compartilhados e, se possível, sair de casa. Você pode ligar gratuitamente para o Disque SUS, no telefone 136, para obter mais informações sobre os procedimentos a serem adotados.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Higiene contra o vírus
Como limpar seu carro do jeito certo durante a pandemia
Tempo indeterminado
Paraná cancela prazo para licenciamento de veículos novos
Manutenção
Problemas na suspensão: saiba como identificar
Continue lendo
Opção de entrada
Volkswagen lança Nivus como aposta para o segmento de SUVs compactos
29/05/2020 09:50
Confira a lista
7 dicas para cuidar de um carro que fica parado por muito tempo
28/05/2020 11:38
Acidentes no trânsito
DPVAT registra mais de 112 mil indenizações pagas de janeiro a abril
28/05/2020 11:24
Perigo no trânsito
Um quinto dos motoristas utiliza o celular enquanto dirige
27/05/2020 10:43
Avalie as despesas
Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena?
27/05/2020 09:53
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados