06/08/20
25º/13ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Dados atualizados

Pesquisa aponta que 47% dos brasileiros possuem automóvel

No último domingo (22), o Brasil celebrou o Dia Mundial Sem Carro. Tendo em vista a proposta da comemoração, o Cuponation, plataforma de descontos online e integrante da alemã Global Savings Group, compilou dados sobre quanto da população brasileira e mundial escolhe se locomover sem precisar dirigir um carro.

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


Segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas), o mundo conta com uma população atual de 7,7 bilhões de pessoas. Considerando o número, um grupo de analistas americanos da área automobilística geográfica realizou um levantamento em 2018 e concluiu que a estimativa de veículos circulando pelo mundo atualmente seja de 1,4 mil milhões. A previsão para os próximos anos é de que esse número duplique com rapidez.

Comparando esse dado com a quantidade de pessoas no mundo, isso indica que apenas 18% da população global possui um automóvel - é válido lembrar as exceções, como pessoas que não desejam um automóvel e crianças e idosos, que não conseguem conduzir um carro.

No Brasil, a população é estimada em 210,1 milhões de pessoas, segundo dados deste ano do levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Dentre carros, caminhões, caminhonetes, motocicletas, ônibus e outros, a média de veículos no país é de 97.591.211, de acordo com a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), o que significa que cerca de 47% da população brasileira possui um automóvel.

A baixa taxa de consumo automobilístico consequentemente gerou queda nas vendas de automóveis nos últimos meses, como em agosto, por exemplo, que contabilizou diminuição de 3,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores).

O fato apenas amplia as novas possibilidades dos outros 53% da população, que acaba buscando outros meios de locomoção, como abicicleta, que cresceu 24% desde 2007, segundo dados da pesquisa Origem e Destino. Além disso, há pessoas que utilizam ainda os patinetes eletrônicos, cujo uso cresce diariamente e dobra qualquer porcentagem estimada. No entanto, e acima de tudo, a queda do uso de carros nas ruas confirma com maior impacto que o transporte público continua sendo o meio de locomoção mais utilizado pelos brasileiros. A informação é da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos).

O levantamento Rede Nossa São Paulo de 2018 revelou que 32% dos 47% que possuem um automóvel disseram que "com certeza” trocariam o carro pelo uso de um transporte público caso estes tivessem melhorias alternativas de mobilidade urbana.

Divulgação
Divulgação

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Atualizada
Nova Chevrolet S10 chega ao mercado conectada com o futuro
05 AGO 2020 às 11h05
Qualidade
Entenda o que muda com a nova especificação da gasolina
04 AGO 2020 às 08h52
Dica de manutenção
Como identificar desgaste no braço de direção do seu carro
03 AGO 2020 às 11h13
Dica de manutenção
Saiba como fazer a calibragem correta dos pneus do seu carro
30 JUL 2020 às 11h49
Efeito Uber
Número de mulheres com CNH cresce, mas há menos motoristas jovens
29 JUL 2020 às 10h27
Comparativo
Com ideias distintas, Polo GTS e Sandero RS representam hatches esportivos
28 JUL 2020 às 09h21
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados